Estava escrito nas estrelas, Chelsea na final da Liga dos Campeões

Retirado do site thebluemark.wordpress.com

A grande ocasião chegou, nós chegamos até o fim “do caminho até Munique” e estamos à noventa minutos da glória – a UEFA Champions League, que será disputada entre Bayern de Munique e Chelsea, no sábado, dia 19 de maio de 2012.

O Chelsea terá que batalhar contra o Bayern no jogo que será o mais importante na carreira de todos os jogadores do Chelsea, especialmente Drogba, Lampard, Cech, Cole, Essien, Mikel e até mesmo, Terry, que não participará devido a sua suspensão. Eles viveram para ter um momento como esse, e certamente, não deixarão passar/escapar tão facilmente. Os atletas “darão” tudo o que eles têm, ou o que restou deles… (por causa do envelhecimento, afirmação tão repetida pela mídia) Para usarem com mérito a medalha da UEFA Champions League, antes de pendurarem as chuteiras.

O Chelsea teve um “sabor” de glória ao bater o Liverpool por 2-1, fato que aumentou a vontade e a confiança dos jogadores em relação à conquista do título tão sonhado – foi um impulso maciço de confiança, antes de Munique. E honestamente, o que separa esse grupo dos outros é a mentalidade “forte” e a vontade de atingir seus objetivos em jogo. (Barcelona, Napoli, Tottenham e Liverpool, como prova disso)

O Bayern de Munique estava procurando vingança após perder o título da Bundesliga para o Borussia Dortmund. Não tinha uma ocasião melhor que enfrentar o mesmo Dortmund, só que agora pela Copa da Alemanha. Entretanto, não foi tão fácil quanto o Bayern esperava. Um duro golpe, e a humilhação de uma derrota por 5-2, junto a isso: A confiança quebrada. Pelo fato de ser uma situação complicada de lidar, próximo a uma decisão de campeonato europeu.

A capacidade de recuperação do Bayern de Munique está em dúvida, do outro lado, a mentalidade do Chelsea está inalterada. Como Mikel disse: “O Bayern jogando no Allianz Arena entre os próprios fãs, pode ser favorável ao Chelsea. Tendo em mente que jogamos sem esse tipo de pressão, e com a capacidade de se concentrar melhor  no jogo”.

Badstuber, um dos mais brilhantes atletas do Bayern, Alaba, que não têm um substituto “concreto” e Luis Gustavo, que eu chamo de “Ramires” alemão, devido a sua mobilidade ao lado de Schweinsteiger, são desfalques para a final.

Por outro lado, Terry, um líder que é sim, substituível por Luiz ou Cahill. Meireles, cederá lugar para Kalou, que não perdeu um jogo nesta temporada. Ivanovic, que cederá seu posto a Bosingwa, e a “nossa” maior preocupação, Ramires. O brasileiro vem sendo um dos principais jogadores para o Chelsea e não temos a certeza de quem o substituirá.

 1) 4-2-3-1: Torres + Kalou na ala esquerda. 2) Kalou + Malouda na ala esquerda. E o menos provável, 3) 4-3-3 com Essien, como consta na figura abaixo.

 

A final será 19 de maio de 2012. O Chelsea foi fundado no ano de 1905. Vamos fazer história. Acredite.

Nosso futuro está nas mãos dos onze jogadores do Chelsea, e o nosso triunfo está sob os ombros dos atletas de Stamford Bridge.

Category: Conteúdos Especiais

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.