Em busca da glória

Lutando bravamente para terminar entre os quatro primeiros na Premier League e ainda vivo na FA Cup e Uefa Champions League, o Chelsea tem pela frente um indigesto calendário com missões espinhosas que prometem fazer com que esta reta final de temporada seja a mais dramática de todos os tempos. Atrás de Arsenal e Tottenham, respectivamente terceiro e quarto colocados no campeonato inglês, com cinco pontos de diferença e faltando apenas sete jogos para o término da temporada os Blues sabem que só a vitória interessa e precisam torcer por tropeços destes adversários para se classificarem para a próxima UCL. Uma tarefa nada fácil, e pra piorar ainda correm o risco de perder a vaga da Europa League para o Newcastle, que ocupa a sexta posição com o mesmo número de pontos.

O desafio não seria tão complicado se cinco dos sete jogos restantes não fossem derbies de peso contra Fulham, Tottenham, Arsenal, Queens Park Rangers e Liverpool, todos fora de casa exceto o embate contra os Hoops. O drama aumenta quando se verifica que o Chelsea conseguiu fazer apenas um ponto de um total de quinze possíveis contra estes mesmos rivais na Premier League. Um péssimo desempenho para um clube cujo dono não cogita a hipótese de ficar de fora do torneio mais importante da Europa.

Embora tenha tido um dos piores inícios de temporada e não tenha se firmado na competição sob os comandos de André Villas-Boas, o time londrino parece ter acordado a tempo de salvar a temporada. Sob as ordens de Di Matteo, acumulam sete vitórias, um empate e uma derrota o que faz com que ainda haja esperanças para os jogadores e torcedores sonharem não com a conquista do campeonato, mas ao menos com a quarta posição, zona de classificação para a fase de eliminatórias da UCL.

Se o desempenho no Campeonato Inglês não parece nada animador, o mesmo não se pode dizer em relação às outras frentes que os londrinos encaram. Classificados para duas semifinais, FA Cup e UEFA Champions League, os Blues podem conseguir um feito heroico capaz de apagar completamente o ano ruim na Premier League.  Em relação ao primeiro torneio, caso passe pelo Tottenham, encarará na final Liverpool ou Everton, adversários que fazem a outra semifinal. O campeão garante vaga para a próxima edição da Europa League.

Em paralelo, pelo torneio mais milionário do mundo, caso o Chelsea consiga bater o todo-poderoso Barcelona, irá para a final encarar o vencedor entre Real Madrid e Bayern de Munique. Neste caso, o campeão deste torneio fica automaticamente classificado para a próxima edição da mesma competição. E é justamente esta última que realmente importa mais que qualquer outro campeonato aos olhos de Abramovich.

A conquista significará não só a realização de um sonho ambicioso do bilionário russo, mas poderá dar também um gostinho de vingança contra o Barcelona, que sob circunstâncias polêmicas eliminou o Chelsea em 2008/2009 com uma péssima atuação do árbitro Tom Henning Øvrebø, que caiu no limbo e hoje só apita partidas de jogos de segunda divisão do Campeonato Norueguês.

Porém, uma coisa está clara: seja lá qual for o torneio e quem for o adversário, Lampard e cia não terão vida fácil. Principalmente se levarmos em consideração que nesta reta final de calendário, o Chelsea terá uma média de apenas dois dias de intervalo entre um jogo e outro. Entretanto, se este time, mesmo com todas as dificuldades impostas e limitações físicas de alguns dos nossos maiores jogadores conseguir a façanha de ultrapassar todas estas barreiras e obtiver a glória de ser campeão nas competições que lhe resta, irá ratificar aos adversários que o Chelsea é o time a ser batido e que o Leão de Stamford Bridge está a solta.

Acompanhe abaixo o calendário do clube.

Data       Oponente                                 Competição
7/Abr      (H) Wigan                                 Premier League
9/Abr      (A) Fulham                               Premier League
15/Abr    (A) Tottenham Hotspur         FA Cup
18/Abr    (H) Barcelona                          UCL
21/Abr    (A) Arsenal                                Premier League
24/Abr    (A) Barcelona                            UCL
29/Abr    (H) QPR                                    Premier League
2/Mai      (H) Newcastle United             Premier League
5/Mai      (A) Liverpool                             Premier League
*10/Mai  ———————–                     FA Cup
13/Mai   (H) Blackburn Rovers             Premier League
*18/Mai  ———————–                       UCL

*datas prováveis para as finais da FA Cup e UEFA Champions League

Category: Conteúdos Especiais

Article by: Rodrigo Leone