Técnico do Arsenal critica posição do Chelsea no Mercado de Transferências

Arsene Wenger gostaria que clubes fossem mais responsáveis. (Foto: PA Photos)

O técnico do Arsenal, o francês Arsene Wenger criticou a forma como os investimentos de clubes como o Chelsea são feitos na janela de transferências. O clube comandado pelo técnico trouxe nessa janela o alemão Lukas Podolski e o francês Olivier Giroud, mas ainda deve acertar com o espanhol Santi Cazorla, totalizando cerca de £39 milhões. Entretanto existem clubes muito mais ricos, como o Chelsea, que já gastaram mais que o dobro dessa quantia e esse fato preocupa o treinador.

Em declaração ao The Sun, Wenger disse que o Arsenal se encontra em uma boa posição porque tem um bom faturamento, mas não considera os Gunners como um clube mega-rico porque não tem recursos ilimitados para gastar. Para ele clubes como PSG, Chelsea e Manchester City podem comprar o jogador que quiserem e isso prejudica o futebol como um todo. Ao falar da crise financeira, o francês acha que os problemas financeiros podem alcançar o mundo futebol e que os clubes precisam ser responsáveis em seus investimentos.

Falando em especial do Chelsea, Wenger disse não acreditar que a conquista da Champions League vai mudar o panorama do futebol inglês, mas também afirmou que essa conquista prova como a Premier League é forte: “Isso mostra como a Premier League é competitiva, um time que terminou em sexto lugar ser campeão europeu é importante, isso é bom para a Liga,” concluiu Wenger.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Lucas Carvalho