Sub-18: Chelsea vence Wolverhampton por 2×0

John Swift foi um dos destaques da partida (Foto: Site Oficial)

Chelsea sub-18 retornou as atividades na liga após uma semana parado e manteve seu início 100% com uma vitória por 2×0 sobre o Wolves, em Cobham.

Os gols no segundo tempo do capitão John Swift e do atacante Islam Feruz garantiram merecidos 3 pontos contra um Wolverhampton sólido e determinado a se recuperar de uma goleada de 7×1 sofrida contra o Fulham, no último fim-de-semana.

Com convocações para seleção, jogadores no time sub-21 e lesões fizeram a titularidade de Ben Killip, Gordon Dion, Gnahore Ambrósio, Feruz, Ssewankambo Isak e do aniversariante Starkey Jesse.

As principais chances do primeiro tempo foram do Wolves, que jogava forte e inteligentemente. Com boa forma e intensidade, pressionaram e se utilizaram do alto atacante Ibrahim Keita para finalizar. O francês teve uma ou duas boas chances de abrir o placar, mas finalizou mal.

Do outro lado, Feruz foi “desenferrujando” após um tempo parado devido a lesão, mas mesmo assim provocou a melhor defesa fos 45 minutos iniciais, quando forçou o goleiro do Wolves a voar baixo na direita, depois de um chute colocado.

As coisas mudaram no segundo tempo, quando o jogador mais experiente do Chelsea começou a ditar o ritmo do jogo: Swift lutou no primeiro tempo e raramente esteve perto de seu jogo habitual, mas depois de algumas palavras de encorajamento de Viveash, ele se destacou nas jogadas na segunda etapa.

Ele abriu o placar um pouco depois de Feruz e Mitchell também chegarem perto. Se eles não conseguiram, Swift fez e chutou embaixo e no canto, sem defesa para o goleiro.

Foi um balde de água fria para os visitantes, que estavam muito perto do gol desde o reinício do jogo. Uma cabeçada de Keita, após escanteio, que passou por cima da meta de Starkey, e jogadas ensaiadas, foram problemas durante todo o jogo para os Blues.

Viveash se restringiu em substituir Houghton e depois Wright, e, com Conroy dando lugar a Ali Gordon, Muleba foi o único zagueiro a terminar o jogo.

O jogo foi passando, com o Chelsea fazendo o jogo se encaminhar mais rápido para o seu final. Ainda houve tempo para Feruz fechar o placar, roubando a bola do zagueiro do lado esquerdo e depois chutando ao gol com confiança. 2×0.

O Wolves se lamentará de não ter convertido as várias oportunidades que teve, mas também voltará pra casa sabendo que foram derrotados por uma boa equipe do Chelsea, que, mesmo não jogando seu melhor, esteve bem por boa parte do jogo e graças, em particular, a Reece Mitchell e seus dois goleadores.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Kelvyn Vital

Uma fábrica de bobagens ambulante a 2 anos e poco de ser médico.