Revista FourFourTwo analisa e dá nota a todos os centroavantes do Chelsea na Era Abramovich

Torres, Ba e Eto'o foram alguns atacantes que falharam em ter sucesso na Era Abramovich (Photo by Jean Catuffe/Getty Images)
Torres, Ba e Eto’o foram alguns atacantes que falharam em ter sucesso na Era Abramovich (Photo by Jean Catuffe/Getty Images)

Não é possível negar que o Chelsea tem tido tempos de glórias e de grandes conquistas desde a chegada de Roman Abramovich ao clube. O bilionário russo adquiriu os Blues em 2003 e de lá para cá foram conquistadas três Premier Leagues, quatro FA Cups, três Copas da Liga, duas Community Shields, uma Europa League e a tão sonhada UEFA Champions League.

Contudo, apesar de todas as glórias, uma posição tem causado muita controvérsia, descrença e dúvidas na mente de torcedores e jornalistas, a de centroavante. Abramovich sempre se preocupou em preencher a posição com grandes nomes e, talvez, tenha sido o setor que mais recebeu investimento desde sua chegada. Porém, a maioria dos atacantes contratados, mesmo rodeados de fama e bons desempenhos em outras equipes, falharam em deixar suas marcas de matadores com a camisa do Chelsea.

Chegou-se a criar uma mística em torno da posição, que na Inglaterra é chamada de “A maldição do camisa 9” dos Blues. Reza a lenda que nenhum centroavante, principalmente os contratados a peso de ouro, daria certo com a camisa dos Blues. Essa “maldição” tem caído por terra com a grande temporada de Diego Costa, que marcou, até aqui, 17 gols em 20 partidas da Premier League, e tem sido um dos destaques da grande temporada que o Chelsea faz.

Enfatizando esta ‘mística’ em torno dos camisas 9, a revista FourFourTwo resolveu analisar e dar nota a todos os centroavantes que passaram pelos Blues desde a chegada de Abramovich. Diego Costa não foi analisado, já que tem menos de uma temporada com a camisa azul; Loic Remy também não sofreu avaliação, pelo mesmo motivo. Mas grandes nomes como Jimmy Floyd Hasselbaink, Hernán Crespo, Andryi Shevchenko, Nicolas Anelka, Fernando Torres e Samuel Eto’o foram devidamente analisados pela revista.

As descrições dadas a cada jogador e a nota são exatamente como foram dadas pela FourFourTwo:

Jimmy Floyd Hesselbaink jogou nos Blues entre 2000 e 2004 (Foto: Getty Images)
Jimmy Floyd Hesselbaink jogou nos Blues entre 2000 e 2004 (Foto: Getty Images)

O atacante holandês fez 177 partidas pelos Blues, marcou 88 gols.

Único da lista a não ter sido contratado por Abramovich, e com um potente chute como característica principal, o atacante conseguiu a Chuteira de Ouro da Premier League e muitos admiradores, mas não conseguiu levantar nenhum troféu em Stamford Bridge. Deixou o clube, de graça, aos 32 anos, exatamente quando chegava José Mourinho, em 2004. Fez grandes temporadas nos Blues.

Nota: 8/10

Carlton Cole surgiu nas categorias de base do Chelsea e ficou no clube entre 2001 e 2006 (Foto: Getty Images)
Carlton Cole surgiu nas categorias de base do Chelsea e ficou no clube entre 2001 e 2006 (Foto: Getty Images)

Fez 31 jogos com a camisa dos Blues e marcou oito gols.

E apesar dos cinco anos sob contratado com os Blues, o atacante passou três temporadas emprestado. Recebeu muitas chances com Claudio Ranieri, sem muito sucesso e nunca conseguiu impressionar José Mourinho, com quem teve poucas oportunidades. Deixou o clube por valor não divulgado em 2006.

Nota: 3/10

 

Adrian Mutu defendeu o Chelsea entre 2003 e 2004, por pouco mais de uma temporada (Foto: Getty Images)
Adrian Mutu defendeu o Chelsea entre 2003 e 2004, por pouco mais de uma temporada (Foto: Getty Images)

Fez 38 partidas vestindo azul e marcou 10 gols.

Mutu foi uma das primeiras contratações de Abramovich no Chelsea. O promissor atacante romeno até teve boas atuações com a camisa dos Blues e parecia progredir, mas teve seu tempo em Londres encurtado por uso de cocaína. Foi flagrado no anti-doping em setembro de 2004, pouco mais de um mês após o início da primeira temporada de Mourinho no clube. Teve seu contrato rescindido.

Nota: 4/10

 

Hernán Crespo foi jogador dos Blues entre 2003 e 2008 (Foto: Getty Images)
Hernán Crespo foi jogador dos Blues entre 2003 e 2008 (Foto: Getty Images)

Fez 73 jogos com a camisa dos Blues, marcou 25 gols.

Novamente um atacante que, apesar de cinco anos sob contrato com os Blues, passou apenas dois em Stamford Bridge. Apesar de ter bons números com a camisa dos Blues, o atacante, que custou 28 milhões de euros ao Chelsea, sofreu com lesões em sua primeira temporada e foi descartado por Mourinho, assim que o treinador chegou aos Blues. Pela falta de atacantes no elenco, o treinador até pediu sua volta na temporada 2005/2006, onde fez parte da equipe que venceu a Premier League. Passou as duas temporadas seguintes emprestado até deixar o clube, de graça, ao final de seu contrato.

Nota: 6/10

 

Didier Drogba defendeu o Chelsea entre 2004 e 2012 e novamente nesta teporada (Foto: Getty Images)
Didier Drogba defendeu o Chelsea entre 2004 e 2012 e novamente nesta teporada (Foto: Getty Images)

Jogou 375 partidas pelos Blues até o momento, marcando 164 gols.

Simplesmente o maior centroavante da história do Chelsea. Uma das primeiras contratações de José Mourinho, liderou o ataque do clube por oito anos, ganhando 10 grandes torneios, dentre eles quatro FA Cups, três Premier Leagues e a Champions League. Recentemente voltou a Chelsea como liderança no elenco e um ótimo reserva para Diego Costa.

Nota: 9/10

Mateja Kezman jogou a temporada 2004/2005 pelos Blues (Foto: Getty Images)
Mateja Kezman jogou a temporada 2004/2005 pelos Blues (Foto: Getty Images)

Fez 40 jogos com a camisa do Chelsea. Anotou sete gol.

Como seus números sugerem, recebeu inúmeras oportunidades em sua única temporada em Stamford Bridge. O atacante sérvio, que havia se destacado na Holanda, não se adaptou a Premier League e foi vendido uma temporada depois pelo mesmo valor pago um ano antes, 5,3 milhões de euros.

Nota: 2/10

Andryi Shevchenko foi jogador do Chelsea entre 2006 e 2009 (Foto: Getty Images)
Andryi Shevchenko foi jogador do Chelsea entre 2006 e 2009 (Foto: Getty Images)

Realizou 77 partidas com a camisa dos Blues. Marcou 22 gols.

Contratação que gerou polêmica, já que, segundo a imprensa inglesa, não tinha o aval de Mourinho e também por se especular que o atleta não queria a transferência, mas foi um pedido de sua esposa, que por ser norte-americana, queria viver em um país de língua inglesa. Contratado por 30 milhões de euro, o jogador nem de longe repetiu as grandes atuações com a camisa do Milan, onde ganhou a Bola de Ouro. Mesmo depois da saída de Mourinho, o ucraniano não conseguiu impressionar. Passou a última temporada de seu contrato emprestado ao Milan, até sair do Chelsea, de graça, em 2009.

Nota: 3/10

Claudio Pizarro jogou no Chelsea na temporada 2007/2008 (Foto: Getty Images)
Claudio Pizarro jogou no Chelsea entre 2007 e 2009 (Foto: Getty Images)

Jogou 31 vezes pelo Chelsea. Marcou dois gols.

Contratado de graça, por José Mourinho em 2007, o peruano marcou logo em sua estreia, contra o Birmingham. Porém foi às redes apenas mais uma vez, nas 30 partidas seguintes. Depois de uma temporada abaixo das expectativas, deixou o Chelsea por empréstimo ao Werder Bremem até o fim de seu contrato.

Nota: 2/10

Nicolas Anelka jogou no Chelsea entre 2008 e 2012. (Foto: Getty Images)
Nicolas Anelka jogou no Chelsea entre 2008 e 2012. (Foto: Getty Images)

Fez 184 jogos pelos Blues. Marcou 59 gols.

Depois de passar por inúmeros times, Anelka chegou ao Chelsea ao custo de 15 milhões de libras. Apesar de ser um centroavante de ofício, jogou mais pelos lados do que pelo centro, já que o time tinha Drogba naquela posição. Foi útil ao time enquanto esteve no clube, ganhando o Double em 2009/2010, além de mais uma FA Cup e uma Community Shield. Caiu de posição em seus últimos meses em Stamford Bridge e foi vendido no meio da temporada 2011/2012.

Nota: 7/10

Franco di Santo defendeu o Chelsea por uma temporada (Foto: 2008/2009)
Franco di Santo defendeu o Chelsea por uma temporada, 2008/2009 (Foto: Action Sports Images)

Jogou pelo Chelsea em 16 partidas. Não fez gols.

O argentino foi contratado como jovem promissor, por 3,4 milhões de libras, mas decepcionou em sua primeira temporada como jogador dos Blues. di Santo foi emprestado na temporada seguinte e posteriormente vendido ao Wigan, por 2 milhões de libras.

Nota: 1/10

Daniel Sturridge jogou pelos Blues entre 2009 e 2013 (Foto: Getty Images)
Daniel Sturridge jogou pelos Blues entre 2009 e 2013 (Foto: Getty Images)

Fez 96 partidas pelos Blues. Marcou 24 gols.

Atualmente um dos melhores atacantes ingleses, e titular de sua Seleção, o atacante teve seu melhor momento nos Blues quando foi emprestado ao Bolton por meia temporada, onde marcou oito gols em 12 partidas. No Bolton e atualmente no Liverpool o jogador atua centralizado, diferentemente de seus tempos no Chelsea, onde jogou pelos lados, o que talvez tenha atrapalhado seu desempenho. Fez temporada regular em 2011/2012, quando foi campeão da Champions League.

Nota: 5/10

Fernando Torres esteve nos Blues entre 2011 e 2014 (Foto: Getty Images)
Fernando Torres esteve nos Blues entre 2011 e 2014 (Foto: Getty Images)

Fez 172 partidas pelo Chelsea. Fez 46 gols.

O centroavante espanhol chegou com um dos maiores atacantes do mundo, mas falhou em repetir o bom futebol de outros tempos no Chelsea. Custou 50 milhões de libras e marcou menos de 50 gols, em três temporadas e meia pelos Blues. Os números não são tão ruins, mas certamente não são o que se esperava dele. Ganhou uma FA Cup, a Europa League e a Champions League pelo Chelsea.

Nota: 4/10

Romelu Lukaku foi jogador do Chelsea entre 2011 e 2014 (Foto: Getty Images)
Romelu Lukaku foi jogador do Chelsea entre 2011 e 2014 (Foto: Getty Images)

Jogou 15 partidas pelos Blues. Não marcou gols.

Inexplicavelmente, não foi as redes pelo Chelsea, apesar de ter mostrado que poderia mesmo ser o substituto de Didier Drogba, em seus empréstimos ao West Brom e ao Everton. Pelo menos garantiu ao Chelsea de cerca 18 milhões de libras.

Nota: 2/10

Demba Ba jogou pelo Chelsea entre 2013 e 2014 (Foto: Getty Images)
Demba Ba jogou pelo Chelsea entre 2013 e 2014 (Foto: Getty Images)

Jogou 51 partidas pelos Blues. Marcou 14 gols.

Seus números não são de todo ruins, mas falhou em ser útil com frequência, enquanto esteve em Stamford Bridge. Foi contratado em janeiro de 2013 e vendido em julho de 2014. Apesar de não ter tido muito destaque, ficou marcado por boas participações em momentos decisivos.

Nota: 5/10

Samuel Eto'o defendeu o Chelsea na temporada 2013/2014 (Foto: Getty Images)
Samuel Eto’o defendeu o Chelsea na temporada 2013/2014 (Foto: Getty Images)

Disputou 35 jogos pelos Blues. Marcou 12 gols.

Chegou ao Chelsea de graça, no início da temporada 2013/2014, para tentar suprir a carência de centroavantes do elenco, que sofria, até então, com a irregularidade de Torres e Ba. Jogador de confiança de Mourinho, marcou nove gols em 21 jogos de Premier League, mostrando seu faro de gol mesmo aos 32 anos. Contudo, teve autos e baixos na temporada e desconfortos com Mou. Deixou o Chelsea ao fim da temporada.

Nota: 6/10

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Márcio Canedo