Petr Cech ainda acredita no Chelsea: “Ainda é favorito aos meus olhos”

P.3-Cech
O goleiro conquistou com o Chelsea três Premier League e uma Champions League (Foto: Reuters)

Mesmo com a crise no Chelsea, o goleiro do Arsenal, Petr Cech, diz que os Blues ainda são favoritos a vencer o título da Premier League. Em entrevista ao portal tcheco iDNES, o jogador conta que seu ex-clube, apesar de ter apenas oito pontos em oitos jogos, ainda é favorito a conquistar mais um campeonato inglês.

Cech deixou o Chelsea após 10 anos e assinou com o rival Arsenal, onde tem se saído muito bem, com quatro jogos sem tomar gols. Com três títulos da Premier League e uma Champions League nas costas com o Chelsea, o tcheco admite que está surpreso com o mal início de temporada da antiga equipe.

“Sua forma me surpreende porque o Chelsea está entre os melhores na Premier League”, disse Cech.

“Eu não estou mais lá, por isso é difícil para mim para avaliar o que está acontecendo. De qualquer forma, a temporada é longa e o Chelsea ainda é favorito aos meus olhos.”

Cech está feliz com sua imagem em seu novo clube e acredita que os Gunners estão em posição privilegiada para lutar pelo título.

“Após a primeira derrota para nós contra o West Ham, todos disseram que nunca poderíamos  ganhar algo grande. Agora estamos de novo a ser comparado com o mais famoso Arsenal, que não perderam durante uma temporada”, acrescentou.

“Eu só sei que temos uma equipe que pode lutar pelo título até a última rodada.”

Cech também comentou sobre a decisão de Wenger em colocar David Ospina em seu lugar na Champions League – uma mudança que tem atraído grandes efeitos negativos para o Arsenal perdendo dois dos jogos na competição até agora.

Apesar de ser a escolha preferencial, o tcheco tem vivido no Arsenal situação de revezamento em diferentes competições, algo que não lhe agradou em seu último ano nos Blues, quando foi preterido por Thibaut Courtois e se tornou a segunda opção.

“Duas vezes Arsene Wenger decidiu que David Ospina jogaria na Champions League em meu lugar e eu tenho que respeitar isso”, disse ele.

“Em uma grande equipe tão grande e em uma longa temporada, não é possível para um homem só jogar o tempo todo, embora eu obviamente queria.”

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Thatiane Rezende