Para Mourinho, jovens terão oportunidades se mostrarem que merecem

Ruben-Loftus-Cheek-621603
Loftus-Cheek atuou em apenas oito jogos pelo Chelsea (Foto: Getty Images)

Em entrevista, o treinador do Chelsea, José Mourinho, disse que vai dar mais oportunidades aos jogadores jovens, mas apenas após os mesmos mostrarem que merecem. Mourinho usou o exemplo de Kurt Zouma como amadurecimento e espera o mesmo de jogadores como Ruben Loftus-Cheek.

Com 33 jogadores emprestados e um início da temporada muito abaixo do esperado, Mourinho vem sendo pressionado a adicionar novos jogadores ao elenco atual e tentar mudar o cenário em que o Chelsea se encontra. Com uma das melhores categorias de base da Europa, o treinador foi questionado sobre quando os jovens poderão ser mais frequentes na equipe principal.

“Alguns jovens podem reclamar que não vem tendo muitas oportunidades, Ruben (Loftus-Cheek) foi o último a reclamar disso. Ele é um jogador em quem nós temos muitas esperanças, mas cedo ou tarde ele – eu disse ele, não eu – terá que dar um passo adiante para se estabelecer no time principal.

É fácil ter oportunidades em pequenos clubes. Mas nos grandes, não são muitos jogadores com a sua idade que conseguem ser titulares em partidas da Premier League, Champions League e nas copas, estar constantemente no banco, vivendo e aprendendo com grandes jogadores. Ele está tendo de tudo.”

Com 19 anos, Loftus-Cheek é um dos jogadores que mais traz esperança aos torcedores do Chelsea, porém, desde a sua estreia com a camisa do Blues, em dezembro de 2014, o jogador disputou apenas oito partidas.

Contratado na temporada passada por £12.5 milhões, Kurt Zouma é um exemplo dado por Mourinho sobre o amadurecimento de jovens jogadores. Com 21 anos, Zouma está constantemente atuando com a camisa do Blues em grandes e pequenos jogos.

“Zouma está em sua segunda temporada e ele mesmo se colocou em um alto nível. Quando ele chegou aqui, ele não era o jogador que é hoje. Lembro de suas primeiras partidas na pré-temporada no ano passado e lembro de que ele foi muito mal. Mas hoje, ele está em totais condições de disputar uma vaga com John Terry e Gary Cahill.”

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Diego Lepre

Carioca, estudante de Jornalismo e apaixonado pelo Chelsea.