O recado de Lampard foi claro: falta comprometimento no Chelsea

Costa tem se envolvido e muitas polêmicas (Foto: Getty Images)
Costa é visto por Lamps como possível líder no grupo (Foto: Getty Images)

O elenco do Chelsea que reinou na última década, ganhando praticamente todos os títulos que haviam por disputar, dentre eles quatro Premier Leagues, quatro FA Cups e a Champions League, era um elenco que tinha como uma das principais características as fortes lideranças nos vestiários. Jogadores como Petr Cech, John Terry, Paulo Ferreira, Ashley Cole, Frank Lampard e Didier Drogba se notabilizaram por serem jogadores de forte personalidade e com capacidade de exercer uma forte influencia sobre o grupo, motivando e liderando os mais jovens em momentos difíceis para o clube.

Na conquista da última Premier League, na temporada passada, o elenco ainda contava com Cech, Terry e Drogba, sendo que este último voltou ao clube exatamente para exercer um papel de destaque nos vestiários, mais do que para dar efetivamente contribuições em campo. Seu papel no grupo foi tão importante que nas últimas semanas o clube tentou trazê-lo de volta para ser assistente de Guus Hiddink até o final da temporada. Porém, por questões contratuais com a MSL, o marfinense não retornou.

Título conquistado de maneira incontestável na última temporada, contudo, ao final, deixaram o clube Cech e Drogba, e do famoso grupo de líderes do Chelsea restou apenas o capitão John Terry para cumprir este papel no atual elenco azul. E talvez este seja um dos motivos para termos uma temporada tão dispersa. Talvez falte liderança nos vestiários. Jogadores que chamem para si a responsabilidade e que cobrem também a dos outros, que saibam guiar o elenco relativamente jovem que temos.

Para um dos ídolos e líderes da última geração campeã do Chelsea, Frank Lampard, um dos jogadores que podem fazer esta função é Diego Costa, que, como todos sabemos, é um atleta de personalidade e que tem uma sede de vencer que pode fazer dele realmente um motivador dentro do grupo. Mas sua postura muitas vezes exagerada em campo, pode acabar sendo um problema. Contudo, se conseguir se controlar disciplinarmente, Lampard acredita que ele pode ser um parceiro de Terry para elevar o moral do grupo:

“Quando tivemos maus momentos o Chelsea – e nós tivemos alguns maus momentos -, o grupo foi sempre puxado por jogadores como John Terry, Cech, Drogba, Ivanovic, grandes jogadores que tinham a coragem de dizer ‘Certo, nós vamos ter que encarar isso’.

E essa é minha preocupação agora, que faltem este jogadores. John Terry ainda está lá, e ele marcou um gol importante num final de jogo contra o Everton, então não duvide do que ele pode fazer, mas ele parece um pouco sozinho.

 

 

Eu acredito que Diego Costa é um jogador que tem este tipo de presença, de liderança, e ele pode ajudar, desde que não passe dos limites em campo, o que nós sabemos que ele chega perto de fazer.”

Lampard também deu um puxão de orelha em jogadores balados do elenco azul. Sem citar nomes, é claro, o ídolo falou que vários atletas do Chelsea foram amplamente elogiados pela mídia e torcedores, mas estão se omitindo neste momento. Super Frank inclusive direcionou a eles um pedido, para que se levantem e assumam responsabilidades neste momento:

“Além do mais, eu quero ver os jogadores do Chelsea se levantando. Bons jogadores que nos últimos anos receberam muitos elogios, mas que agora precisam mostrar seu valor ao se erguerem e ajudarem o time a colocar o clube onde ele merece.”

O desejo, para todos os torcedores do Chelsea, é que estas palavras ecoem pelas paredes de Cobham e de Stamford Bridge e sejam absorvidas pelo elenco azul. Já que realmente o elenco parece apático em vários aspectos, não só dentro de campo, mas na forma como se manifesta sobre a fase atual do time. O clima parece ter melhorado internamente desde a chegada de Guus Hiddink, mas ainda parece faltar personalidade para alguns jogadores e para o time como um todo, salva exceções de atletas como Diego Costa, que tem demonstrado raça e liderança nos últimos jogos. Lampard está certo. É preciso que este elenco se levante.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Márcio Canedo