“Mourinho é um vencedor, mas seus métodos são exaustivos”, afirma Demba Ba

Com a chegada de Diego Costa, Ba entrou na lista de dispensáveis do Chelsea (Foto: AFP)
Ba disputou uma temporada sob o comando de Mourinho (Foto: Getty Images)

Um dos motivos que se especula para a demissão de Mourinho do Chelsea é uma possível conturbada relação com o elenco azul. Ao longo de várias semanas, antes mesmo da saída do português do clube, a imprensa e torcedores discutiam os métodos de treinamento de José Mourinho, que, para muitos, são considerados desgastantes e cansativos, o que levaria a atritos entre o comandante e seus atletas após algumas temporadas.

Demba Ba, que trabalhou com José Mourinho por uma temporada no Chelsea, falou sobre o assunto e confirmou que a forma como o treinador trata seus jogadores chega a ser exaustiva, comentando inclusive que Mourinho não motiva seus jogadores e que se um atleta está em período de baixa confiança, o português apenas o saca do time, ao invés de tentar motivá-lo:

“Eu pensei que o Chelsea continuaria com Mourinho, mas é raro ver Mourinho treinar por três anos a mesma equipe. E sua saída confirmou isso. Seus métodos são cansativos, são exaustivos. Ele é alguém que gosta de vencer e quando ele perde, você pode dizer que é como se o céu desabasse sobre a cabeça dele.

As coisas se complicam quando ele perde, porque ele fica irritado. Parece que seu rosto está tomada por raiva, embora isso provavelmente não seja o caso na realidade, mas é porque ele é um vencedor. Quando ele perde, isso afeta muito ele. Isso não é necessariamente ruim, já que ele já ganhou uma enorme quantidade de títulos. E quer você goste dele ou não, é impossível não ter uma opinião sobre os métodos dele, embora eu esteja falando dele como treinador, não como pessoa.

Ele não é alguém que está lá para dar confiança aos seus jogadores. Ele está lá para conseguir tirar o máximo que ele pode de seus jogadores. Ele espera que você motive a si próprio. E se você não tiver num momento confiante, tudo que ele faz é te colocar no banco.”

Muitos acreditam que os métodos que José Mourinho utiliza nos treinamentos e no trato com os atletas, o que inclui críticas aos atletas através da imprensa, boicote a jogadores que parecem menos motivados nos treinamentos e falta de rotatividade no elenco, parecem funcionar no curto prazo, já que jogadores tendem, a princípio, a se esforçar e mostrar mais empenho para conquistar a confiança do treinador.

Contudo, após certo tempo (e para José Mourinho parece que a terceira temporada é o ponto crítico) os jogadores, como afirmou Demba Ba, ao menos de acordo com o que se percebe em seus dois últimos trabalhos, ficam exaustos com nível de cobrança, exigência e críticas, o que pode levar a um desgaste insustentável dentro do elenco, o que para muitos, principalmente na imprensa inglesa, foi a principal causa da queda de Mourinho.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Márcio Canedo