Mesmo mirando o Top Four, Hiddink não descarta luta contra o descenso: “É um fato”

(Foto: Chelsea FC)
Guus Hiddink conversou com a imprensa nesta sexta-feira (15) (Foto: Chelsea FC)

Falando em Cobham com os jornalistas, em coletiva de imprensa nesta tarde (15), Guus Hiddink relatou que houve poucas mudanças quanto as lesões. Neste sábado (16), o Everton visitará o Stamford Bridge e o técnico interino começou passando as últimas notícias da equipe, que seguirá sem poder contar com Eden Hazard e Falcao García.

“Não houve lesões no último jogo. Eden Hazard ainda está fora, embora ele esteja trabalhando no campo. Espero que na próxima semana ele participe por completo das sessões de treinamento para, em seguida, podermos decidir se ele se juntará a nós para o jogo contra o Arsenal na próxima semana.

Nós temos que ser um pouco cuidadosos para não termos outro revés (com Hazard). Ele deve ter algumas sessões de treinamento intensas e resistentes durante a semana. Falcao está fora também, mas sabíamos disso. O resto (dos jogadores) está tudo bem”.

Abordado sobre as expectativas que têm para o time na Premier League, Hiddink disse não acreditar ser impossível alcançar o quarto lugar, mas se disse realista com a modesta colocação do time na liga, na qual a briga contra o rebaixamento, segundo o técnico holandês, é uma realidade.

“Há uma diferença de 12 pontos para o quarto lugar, o que é uma lacuna. Nós todos gostamos de olhar em direção ao topo da tabela, mas também temos de ser realistas e percebermos que estamos a seis pontos de distância da zona de rebaixamento. Isso também é um fato.

Temos de trabalhar duro e ficarmos concentrados. Temos de conquistar nossos pontos. É por isso que foi uma pena levar o gol de empate do West Bromwich no minuto 86. Uma vitória teria nos ajudado muito.

E

stivemos há um ponto da zona de rebaixamento, mas agora temos um pouco mais de espaço para respirar. Temos dois jogos difíceis chegando. O primeiro contra o Everton, que vem de um bom retrospecto, tendo conquistado nove resultados em 10 jogos fora de casa e, em seguida, o Arsenal. Se você não conquista os pontos, não saberá o que os outros podem fazer. A Premier League pode te surpreender”.

Hiddink também falou sobre as qualidades do forte adversário que será o Everton. A equipe comandada por Roberto Martinez ocupa a 11ª colocação, tendo quatro pontos a mais que o Chelsea, que após o empate contra o WBA, continuou na 14ª posição.

“Eles gostam de jogar e construir o jogo desde sua defesa. Eles fazem isso de uma maneira inteligente. Você sabe que o meio-campo do Everton é experiente e eles têm o perigo que seus pontas trazem quando vão para dentro.

Eles também têm atacantes que são muito fortes dentro da área. O Everton é uma equipe que pode jogar futebol e eles são perigosos. Vai ser muito difícil, mas acho que será um jogo muito atraente”.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Murilo César