Marouane Fellaini: “Hazard está voltando a seu nível”

Jogador do United é parceiro de Hazard na Seleção Belga
Jogador do United é parceiro de Hazard na Seleção Belga

Companheiro de Eden Hazard na Seleção Belga, o meio-campo Marouane Fellaini, que atua no Manchester United, comentou sobre a forma do camisa 10 do Chelsea. Em entrevista ao Goal, o jogador dos Red Devils disse que aos poucos Hazard vem conseguindo crescer na temporada e que o jogador já provou ter grande categoria.

Melhor jogador da temporada passada na Inglaterra, o craque do Chelsea sofre com uma seca de 22 jogos sem marcar um gol e vem sendo apontado como um dos responsáveis pelo mau momento dos Blues na temporada.

Confira: Mourinho acredita que fase ruim do Chelsea o fará melhor treinador

Entretanto, mesmo vivendo má fase, nos últimos jogos, atuando como um “falso 9”, o jogador mostrou mais empenho do que o que vinha apresentando e deu um alento ao torcedor, que ainda espera se reencontrar com o jogador que brilhou nos títulos da Premier League e da Capital One Cup da temporada 2014-2015. Nas palavras de Fellaini o jogador vem evoluindo:

“Ele (Hazard) já mostrou ao mundo que é um jogador de qualidade. Penso que, desde que ele começou a jogar futebol, ele mostra grande talento, com grande qualidade e na última temporada ele foi o melhor jogador da Premier League, ele marca gols, cria assistências.

Nestes tempos, eles dizem que ele não vem bem, mas você vê o seu jogo, e ele tem ótima qualidade. Devagar, bem devagar, ele está voltando a seu nível e espero que em junho ele esteja bem para a Bélgica.”

Hazard terá mais uma oportunidade de desencantar na próxima quarta-feira (09), quando o Chelsea enfrenta o Porto, pela UEFA Champions League. Em disputa estará uma vaga nas oitavas de final da competição continental. O jogo contará com cobertura completa do Chelsea Brasil.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Wladimir de Castro Rodrigues Dias

Advogado graduado pela PUC Minas, mestrando em Ciências da Comunicação (Universidade do Minho), 24 anos. A preferência é o futebol bretão, mas me interesso pelo esférico rolado em qualquer terra. Desde a infância, tenho no atacante Marques e no argentino Pablo Aimar referências; o melhor jogador que vi jogar foi o lúdico Ronaldinho Gaúcho, na temporada 2004/05. Também no O Futebólogo, no Doentes por Futebol e na Corner.