Kalou deixa claro que é Abramovich quem realmente manda no clube

Para o marfinense, última palavra é sempre do mandatário russo (Foto: topmercato.com)

O ex-winger do Chelsea Salomon Kalou acredita que apenas um homem comanda os Blues, e esse homem não é Roberto Di Matteo. O marfinense foi para o Lille no último período de transferências, após conquistar a Champions League em seu último jogo pela equipe londrina, e deixa claro que é Roman Abramovich que dá as ordens.

“Roman tem sua visão e sabe como quer que as coisas aconteçam”, disse Kalou ao The Sun. Por mais que os treinadores escalem como achar melhor, a última palavra é a do dono do clube, na opinião de Kalou.

“Ele pensa assim: ‘Eu quero trabalhar nesse clube, quero que as coisas funcionem.’ E às vezes ele tem que lembrar as pessoas de que é o responsável por tudo.”

“É importante lembrar os jogadores de que ‘você pode estar aqui há oito anos, mas eu posso mudar a equipe quando eu quiser, então é melhor você voltar para o campo e fazer o trabalho direito’. Esse é o papel do proprietário, lembrar a todos de que o único chefe é ele, e devemos trabalhar pelo clube, não por nós mesmos.”

“Roman sempre nos lembrou disso, e deu certo. Ele veio falar com a gente duas vezes, a primeira foi quando Ancelotti era o técnico e nós ganhamos o Double. E a segunda foi após a saída de AVB, e nós ganhamos a Champions League. Então, quando vemos os resultados, eles são positivos. Então não podemos criticá-lo, pois ele ganhou tudo.”

“E o mais importante: ele queria ganhar a Champions League. Talvez ele poderia ter vencido com Mourinho, Carlo ou outro treinador. Mas ele ganhou com Robbie. No final, ele ganhou. Então, posso dizer que tudo isso valeu a pena.”

Kalou acrescentou: “Ele sempre fez questão de nos dar tudo o que precisávamos. Ele trouxe ótimos jogadores e treinadores para o clube, e ajudou a todos a ganhar algo. É só isso que importa, pois no final do dia eu posso olhar para o meu passado no Chelsea e dizer que ganhei tudo. Jogar pelo Chelsea foi a melhor experiência da minha carreira.”

Kalou trabalhou com vários técnicos no Chelsea (entre eles Mourinho, Ancelotti e Guus Hiddink) e admite que sua convivência foi um tanto complicada por causa das mudanças.

“Pessoalmente, acho melhor ter estabilidade. Alguns clubes tem no estilo de jogo uma identidade, como Manchester United, Arsenal e Barcelona, pois eles mantêm seus treinadores por muito tempo.”

“Com José tivemos isso, mas quando ele saiu, foi difícil retomar isso, pois ficávamos trocando de treinador. Foi difícil para os jogadores, mas estivemos juntos por muito tempo e nos conhecemos bem, então nos adaptamos à situação.”

“Mas para mim foi especialmente difícil. Quando eu finalmente conseguia a confiança do treinador, ele era demitido. Então eu precisava começar tudo de novo.”

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Luís Barbosa