Jorginho em ação

Empresário de Jorginho especula uma possível volta ao Napoli, com Sarri

Na última semana surgiram especulações sobre uma possível saída de Christian Pulisic do Chelsea. Outro que também teve o nome nos noticiários para deixar Londres é Jorginho. João Santos, empresário do jogador, deu entrevista ao portal SI dizendo que um possível retorno do volante para trabalhar novamente com o técnico Maurizio Sarri seria uma ideia maravilhosa.

De acordo com a publicação, Gennaro Gattuso, atual técnico do Napoli, estaria com o cargo ameaçado, e Aurelio De Laurentiis, presidente do clube italiano, teria interesse em recolocar Sarri no comando da equipe. A relação entre o volante e o ex-técnico do Chelsea já vem de longa data. Foi o treinador quem pediu a contratação do camisa 5 para os Blues.

O agente do jogador ainda ressaltou a importância que o clube napolitano e o treinador tem na carreira do meio-campista ítalo-brasileiro.

“Sarri com o Jorginho é uma ideia maravilhosa. Mas ele ainda tem dois anos e meio de contrato com o Chelsea e um salário importante. É possível em nível de futebol, com certeza. Teríamos que ver o que De Laurentiis pensa. Nápoles é uma cidade que Jorginho ama muito, que marcou uma parte importante de sua carreira. Sarri também é um treinador importante para ele, no qual ele se expressou no mais alto nível.”

Jorginho vive bom momento com Tuchel

Quando Frank Lampard ainda treinava o Chelsea, o atleta de 29 anos perdeu espaço e amargou alguns jogos no banco de reservas. Com isso, as chances de saída do clube ficavam cada vez maiores. No entanto, desde que Thomas Tuchel chegou a Londres esse panorama mudou. O volante recebeu mais oportunidades de jogar e tem sido importante na boa fase que os Blues atravessam. O técnico alemão costuma girar bastante o elenco, e o trio Kovacic, Kanté e Jorginho recebem muitos minutos do novo treinador.

Ele é o batedor de pênaltis oficial do time e por isso é um dos artilheiros do time londrino na Premier League, com seis gols. Nesta temporada, ele já balançou as redes rivais sete vezes, em apenas 28 partidas disputadas. No ano passado, ele precisou de 44 jogos para marcar a mesma quantidade de gols.

Se Jorginho realmente for embora de Londres, o Chelsea precisaria ir ao mercado para repor com uma peça a altura. Atualmente, o time só conta com Kovacic, Kanté, Billy Gilmour e Lewis Bate para as posições, o último ainda é garoto e tem poucos minutos no time profissional. Para a posição do ítalo-brasileiro ainda não surgiu nenhuma especulação mais forte de contratação e nem de que jogadores emprestados podem ser reaproveitados por Tuchel.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Cleisson Lima

Tio do Júlio César, Estagiário de Redação na Rádio Transamérica, e Chefe de Redação no Futebol das Gerais. O caminho é um só...