Guus Hiddink comenta situação dos atacantes do Chelsea: “Temos apenas Diego”

Diego, Falcao e Rémy: Só o camisa 19 estará disponível para o confronto contra o Crystal Palace (Foto: Getty Image)
Diego, Falcao e Rémy: Só o camisa 19 estará disponível para o confronto contra o Crystal Palace (Foto: Getty Images)

Em entrevista para a imprensa, ontem (30), em Cobham, Guus Hiddink falou sobre seus atacantes. Diego Costa, depois de cumprir suspensão na última partida, estará novamente selecionável, mas tanto Loic Rémy quanto Falcao García estarão de molho por mais alguns dias e não são opção.

Para o clássico contra o Manchester United, Hiddink optou por lançar Eden Hazard como homem de ataque Blue, uma vez que os três principais centroavantes do elenco não podiam estar no jogo. Para a partida contra o Crystal Palace, só Costa estará disponível, já que Falcao, com  lesão na coxa, e Rémy, com lesão na panturrilha, serão desfalques certos pelos próximos dias.

“Loic Rémy estará de volta em poucos dias. Não sei se para o fim de semana, mas ele vai ficar bem logo depois. É um longo período de instabilidade em relação à recuperação dos atacantes e temos apenas Diego, por isso vamos ver se podemos recuperar um o mais rápido possível.

Falcao jogou durante o treinamento e teve a mesma lesão que tinha tido antes no interior de sua coxa. Nossa equipe médica tentou recuperá-lo, mas ele teve um revés que não é um sinal positivo. Esperamos que dentro de 10 dias ele possa estar preparado novamente, mas não pronto para jogar”.

Antes da abertura da janela de transferências, Remi Garde, treinador do Aston Villa, citou que tem interesse na contratação de Rémy. Hiddink comentou sobre a declaração de Garde, se mostrou insatisfeito e pediu que, ao menos, os Villans contatem as pessoas responsáveis.

“Do nosso ponto de vista, não acho que vamos entrar em uma situação similar. Você tem que respeitar onde os jogadores estão. Se você estiver interessado, fale primeiro com as pessoas responsáveis por uma transferência.

Rémy assinou um contrato aqui e deve estar apto para nós. Ele está tendo um momento difícil em relação às suas lesões e teve um problema na panturrilha durante vários dias. Primeiro de tudo, ele tem de provar que é um bom jogador para o Chelsea”.

Hiddink ainda comentou a situação de Falcao no clube. O holandês disse que o Monaco não fez nenhum contato pelo atacante colombiano, afirmando que é muito cedo para especular qualquer coisa acerca do futuro de El Tigre e disse esperar ter todo o time disponível para a segunda parte da temporada.

“Neste momento, não houve nenhum contato do Monaco sobre Falcao. Temos um período aberto (de transferências) do primeiro ao último dia da janela de janeiro. Não é bom falar com antecedência neste caso.

As coisas devem ser feitas quando você quer reforçar o seu time ou se outros clubes querem fazê-lo, então, em primeiro lugar, você tem de falar diretamente com sua própria administração e (depois com) a gestão que é responsável por outro jogador. Esse é o caminho certo e não passando pela porta lateral.

Primeiro de tudo, é importante, na situação em que o Chelsea está, termos o plantel mais poderoso possível”.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Murilo César