Entrevista com Fernando Torres: Drogba, Recompensa e Temporada Mágica

#9 Fernando ‘El Niño’ Torres
(Foto: Getty Images)

Didier Drogba e Mágica

Fernando Torres terá, na atual temporada, a oportunidade de titularidade absoluta, após a partida do Ídolo Blue, Didier Drogba. Apesar da responsabilidade de substituir um dos maiores atacantes da história de Stamford Bridge, Niño Torres se diz confiante: “Didier não está mais aqui, então existe uma maior responsabilidade em mim e eu estou pronto para o desafio. Agora eu estou procurando novas metas pessoais, outros objetivos, e espero, vou marcar mais do que marquei na minha melhor temporada no Liverpool. Temos o elenco qualificado o suficiente para fazer isso e ainda temos cinco campeonatos para jogar, então esta pode ser uma temporada mágica para o Chelsea.”

Fernando explicou ainda sua função no esquema tático de Di Matteo: “Para mim, o atacante tem que estar na área. Uma vez correndo pelos lados do campo, você perde a sua posição. Então, eu tento passar mais tempo na área e deixar esse trabalho para os ‘Wingers’. Obviamente, quando um atacante vai para os lados do campo, o extremo oposto tem que entrar na área, ocupando aquela posição e finalizar como um atacante. Este é o trabalho a ser feito. Temos que ter certeza que estamos todos trabalhando da mesma forma, em sintonia com os companheiros de equipe. Mas o atacante tem de estar no meio e os ‘wingers’ devem jogar pelos lados. Estes são os princípios básicos do futebol. “

Fome de Bola
(Foto: Getty Images)

Recompensa

Fernando Torres, demonstrou sua vontade de ‘devolver’ aos torcedores do Chelsea, o dinheiro investido nele, após uma temporada irregular, porém vitoriosa:“Na minha primeira temporada conquistamos dois troféus, a Champions League e a FA Cup, era isso que eu procurava quando assinei com os Blues. Mas agora eu tenho mais objetivos, metas mais pessoais e esta temporada é muito importante para mim. Nós temos a chance de ganhar mais troféus nesta temporada. Eu acho que todos os fãs estão empolgados com a Premier League, depois de um pequeno período sem conquista-la, então eu acho que essa é hora, especialmente para mim, dar algo de volta aos fãs.”

“Na última temporada eu me tornei um jogador mais completo. Eu joguei em uma posição diferente e o estilo do Chelsea foi diferente do estilo que eu costumava jogar. Eu me adaptei para o bem da equipe, mas eu gosto de jogar ao lado dos defensores, jogar no espaço vazio e receber passes que Hazard, Mata, Lampard ou Oscar possam fazer por trás dos zagueiros. É preciso equilibrar as coisas e saber o que é certo para a equipe, e esse é o trabalho da comissão técnica. Eles têm que obter o melhor de nós, e eles fizeram isso na última temporada, quando Robbie chegou. Di Matteo entendeu do que o Chelsea precisava, naquela ocasião, e acho que nos saimos muito bem. Espero que, nesta temporada, ele acerte de novo.” – concluiu.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Luis Eyer