Em jogo difícil, o Chelsea sub-21 vence o Manchester City sub-21 por 3-2

Bamford marcou o primeiro gol da partida. (Foto: Site oficial)

Após cinco rodadas, o Chelsea sub-21 venceu uma partida. Foi uma vitória difícil por 3-2 sobre o Manchester City, em Platt Lane. Os gols de Patrick Bamford e Islam Feruz deram uma vantagem de 2-0 aos Blues no primeiro tempo, antes antes do City reagir, com um gol de Marcos Lopez logo após o intervalo.

Um gol contra de Greg Leigh restaurou a vantagem de dois gols do Chelsea, que permaneceu intacta durante o segundo tempo até o gol contra do blue Alex Davey, o que preocupou o técnico Dermot Drummy nos minutos finais. Mesmo assim, o Chelsea conseguiu garantir a sua segunda vitória na temporada.

O jogo começou em um ritmo frenético em Manchester, com pouco tempo para pensar e muita marcação, além de chances de gol logo no início da partida. Aos oito minutos, Deen-Conteh teve de roubar a bola de Luca Scapuzzi no último instante.

Depois, Baker lançou a bola para Bamford, que vinha em diagonal pela esquerda, e o atacante finalizou precisamente no canto do gol, marcando seu quarto gol na temporada: 1-0.

Em seguida, Deen-Conteh teve de se esforçar para desviar o chute de Karim Rekik. Após uma boa jogada de Billy Clifford e Kane pela direita, houve um escanteio para o Chelsea, mas Aké cabeceou a bola por cima do gol.

Após passe de Ince, o chute de Baker deu trabalho para o goleiro Johansen, porém Blackman também teve que mostrar serviço em chute de Jose Pozo.

Os Blues tinham desfrutado de alguns minutos de posse de bola, e finalizaram com uma jogada impressionante. Billy Clifford encontrou Bamford na entrada da área e seu toque de calcanhar enganou o último defensor, a bola chegou até Feruz, que mandou a bola para o fundo das redes: 2-0.

Mesmo com a vantagem, o Chelsea continuou atacando, e no final do primeiro tempo Feruz mandou a bola para as redes novamente após passe de Kane, porém o gol foi anulado por impedimento.

O segundo período também começou em um ritmo frenético, com uma chance de Feruz após jogada de Billy Clifford e Bamford. Logo em seguida, a jogada de Cole, Lopez conseguiu fazer o primeiro gol do City na partida: 2-1.

Lopez quase empatou o jogo após jogada de linha de fundo, mas desta vez ele não conseguiu acertar o canto. Drummy fez algumas mudanças no início do segundo tempo, trazendo Lamisha Musonda e Alex Davey, além de deslocar Aké para o meio-campo, e depois de trinta minutos, Bamford trabalhou bem a bola pela esquerda e driblou um jogador. Leigh tentou desviar, mas a bola entra: 3-1.

Mesmo com a partida chegando ao fim, o City não desistiu. Lopez fez boa jogada novamente passando por dois defensores do Chelsea e Davey não foi feliz no seu desvio de bola, diminuindo a vantagem blue: 3-2. No entanto, o Chelsea garantiu uma vitória importante fora de casa.

“Estamos muito satisfeitos”, disse o técnico Drummy. “Conseguimos uma vitória e vencemos porque jogamos bem. Houveram boas atuações, especialmente de Billy Clifford, Nathan Aké e Andreas. É bom para os meninos conseguir uma vitória, todos eles tem um sorriso no rosto e estamos muito felizes.”

Chelsea: Blackman; Kane (c), Aké, Christensen, Deen-Conteh; C.Clifford (Davey 60), Ince (L.Musonda 57), B.Clifford; Baker, Bamford (Nditi 80), Feruz.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Luís Barbosa