Werner fala sobre atuar sob pressão

Werner fala sobre atuar sob pressão

Timo Werner concedeu entrevista ao site do Chelsea FC sobre o seu atual momento no clube de Londres. Três tópicos foram questionados ao futebolista. Primeiramente, se há algum tipo de pressão para o atleta no presente momento. Posteriormente, a questão mencionada abordou as dificuldades e diferença da Premier League para a Bundesliga. Por fim, Werner respondeu se a presença de Rudiger no time o auxiliou na ambientação em Londres.

A pressão existe para Werner

A pressão existe, segundo Werner. Entretanto, o alemão afirmou que sabe lidar com essa situação
A pressão existe, segundo Werner. Entretanto, o alemão afirmou que sabe lidar com essa situação. (Chelsea FC / Site)

“Importa quanto você custou. É sempre um pouco de pressão quando você vem para um novo clube e quer marcar gols para você. Entretanto, agora você também quer marcar gols para os seus novos companheiros de equipe e para o seu novo clube”, iniciou Timo Werner.

“Você tem que marcar e a pressão existe em todo novo clube, mas eu acho que posso lidar bem com isso. Afinal, eu tive a mesma pressão pelo meu clube anterior e todos queriam que eu marcasse. Não é algo novo para mim, mas agora, estou em um noivo estádio com novos companheiros e novas pessoas ao meu redor”.

“Portanto, a pressão é um pouco maior do que nos últimos anos. Entretanto, eu acho que bons futebolistas são melhores sob pressão e esse é meu planto. Eu posso atuar bem sob pressão”, afirmou o atacante do Chelsea.

Dificuldades na Premier League

“A Premier League é um pouco diferente da liga que atuei anteriormente. Eu tenho que dizer que é mais difícil do que eu pensei. O contato aqui é maior do que na Alemanha, era o que esperava, mas não como está sendo”.

“Eu acho que também é duro quando você joga a cada três dias, com a Champions League e datas internacionais. Posteriormente, no sábado, você atua contra equipes que descansaram mais e só pensam no duelo contra a sua equipe. Isso torna difícil, você tem que ser o melhor em todo jogo. Assim sendo, a Premier League é divertida de atuar”, afirmou Werner.

“O começo foi muito bom. Agora, com alguns jogos atuados, eu não sei se é normal mas estou encontrando algumas dificuldades. Há muitos jogos no atual período e eu acredito que algumas oportunidades que perdi não foram as melhores. Por outo lado, eu acho que quando você está em um novo país e um novo campeonato é sempre um pouco difícil de se adaptar. Mas isso não deve ser uma desculpa”.

“Eu devo fazer o um melhor para ser o melhor futebolista que eu posso ser nesta Liga. E eu acho que eu vou me adaptar bem”, concluiu Timo.

Rudiger auxiliou no período inicial de Werner

Werner falou sobre o auxílio de Rudiger no processo de adaptação dentro de campo. Além disso, Werner mencionou que o falar o mesmo idioma foi muito importante nesse período.
Werner falou sobre o auxílio de Rudiger no processo de adaptação dentro de campo. Além disso, Werner mencionou que o falar o mesmo idioma foi muito importante nesse período. (Chelsea FC / Site)

“Eu acho que é muito importante quando você chega de um país e tem alguém que você possa conversar, em seu idioma, nesse novo local. Isso torna muito mais fácil. É mais fácil ter um atleta que fala alemão no clube e que pode auxiliar você. Não só no clube, mas no momento de pagar contas, ou questões de transporte e aparelhos eletrônicos… Coisas assim. Ele me ajudou muito nessas situações e foi muito bom o fato dele estar aqui”, concluiu Timo Werner.

Category: Competições

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.