Pelo grupo F, Nigéria e Irã se enfrentam em Curitiba; Argentina pega a Bósnia

As Super Águias buscam passar da primeira fase na Copa do Mundo Foto: Getty Images)
As Super Águias buscam passar da primeira fase na Copa do Mundo (Foto: Getty Images)

Na segunda-feira (16), Nigéria e Irã se enfrentarão na Arena da Baixada, em Curitiba, pelo grupo F. Será a estreia de três jogadores do Chelsea em Copas do Mundo: Mikel, Moses e Omeruo. Após uma fraca campanha na Copa das Confederações, as Super Águias buscam um desempenho melhor no Brasil. Já o Irã, que pela quarta vez está no torneio, caiu na primeira fase nas outras participações.

Desfalcada, Nigéria aposta no trio de frente para conquistar os três pontos

A principal dúvida para o treinador Stephen Keshi é a formação do meio-campo, já que ainda não está definido quem é o terceiro homem no setor, junto com Mikel, que pela seleção joga mais avançado e é um dos responsáveis pela criação de jogadas da equipe, e de Onazi, que joga mais recuado, protegendo a zaga. Já no ataque, Emenike deverá ser o homem de frente, com o blue Victor Moses e por Ahmed Musa pelos lados. Na lateral esquerda, desfalcada pela lesão de Echiejilé, que não vai disputar a Copa, Oshaniwa deverá ser o titular. Apesar do experiente Yobo ser uma opção para a zaga, Keshi prefere a dupla Omeruo-Oboabona no setor.

Sem muitas pretensões, Irã aposta na sua força defensiva

O Irã não conta com muitos talentos individuais, e é provavelmente uma das seleções mais defensivas da Copa. Carlos Queiroz, seu treinador, comandou a seleção portuguesa na última Copa do Mundo, e contra Brasil, Espanha, Costa do Marfim e Coréia do Norte os portugueses sofreram apenas um gol. Dos últimos três amistosos dos iranianos, houveram dois empates por 0-0. Além dos pontas, o poder ofensivo do time asiático está em dois jogadores que atuam no futebol inglês: Dejagah (Fulham) e Ghoochannejhad (Charlton).

Ficha Técnica

NIGÉRIA X IRÃ

Local: Arena da Baixada (PR) Data/Horário: 16/6/2014, às 16h Árbitro: Carlos Vera Assistentes: Christian Lescano e Byron Romero

Transmissão: Band, Globo, ESPN Brasil, Fox Sports, Fox Sports 2, BandSports, SporTV

Nigéria: Enyeama; Oshaniwa, Oboabona, Omeruo, Ambrose; Onazi, Mikel, Azeez; Moses, Emenike, Musa. Técnico: Stephen Keshi

Irã: Ahmadi; Beikzadeh, Sadeghi, Hosseini, Montazeri; Shojaei, Teymourian, Nekouman, Heydari; Dejagah; Ghoochannejhad. Técnico: Carlos Queiroz

No outro jogo do grupo F, Argentina e Bósnia se enfrentam

Argentina confia no seu ataque para avançar na competição Foto: Buda Mendes/Getty Images)
A seleção argentina é uma das favoritas do torneio (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

No domingo (15), a Argentina estreia contra a Bósnia, às 19:00, no Maracanã. Desde a Copa do Mundo de 1990, a Argentina não chega nas semifinais: caíram nas quartas três vezes, caíram nas oitavas uma vez e foi eliminada na primeira fase em 2002. Já a Bósnia participa do Mundial pela primeira vez após boa campanha nas eliminatórias, sendo o primeiro colocado de seu grupo.

Apesar do forte ataque, é a defesa que se destaca na seleção argentina

A seleção sul-americana é uma das favoritas da competição, e mesmo com a ausência de Carlos Tevez, a Argentina conta com um dos melhores ataques do mundo, com Lionel Messi e Sergio Aguero. Gonzalo Higuain e Ezequiel Lavezzi são opções para entrar no decorrer do jogo. Juntos, os quatro atacantes fizeram mais de 100 gols pelos seus clubes na última temporada. O meio é comandado por Ángel di Maria, que recentemente foi campeão europeu pelo Real Madrid. Apesar das estrelas no setor ofensivo, é a defesa que vem se destacando ultimamente: nenhum gol sofrido nos últimos cinco jogos.

Dzeko é a esperança de gols da Bósnia

Já os bósnios tem Edin Dzeko como principal esperança de gol. Recentemente o treinador Safet Susic deixou de usar um esquema com dois atacantes, com a introdução de mais um meio-campista no lugar de Vedad Ibisevic. O meio campo conta com jogadores com experiência nas principais ligas europeias, como Pjanic e Lulic, além do jovem Hajrovic. Já no setor defensivo, o principal nome é o goleiro Asmir Begovic.

Ficha Técnica

ARGENTINA X BÓSNIA

Local: Maracanã (RJ) Data/Horário: 15/6/2014, às 19h Árbitro: Joel Aguilar Assistentes: William Torres e Juan Zumba

Transmissão: Band, Globo, ESPN Brasil, Fox Sports, Fox Sports 2, BandSports, SporTV

Argentina: Romero; Campagnaro, Fernández e Garay; Zabaleta, Mascherano, Maxi Rodríguez, Di María e Rojo; Messi e Aguero. Técnico: Alejandro Sabella

Bósnia: Begovic; Kolasinac, Spahic, Bikcacic, Mujdza; Besic, Pjanic; Lulic, Misimovic, Hajrovic; Dzeko. Técnico: Safet Susic

Durante toda a Copa do Mundo, o Chelsea Brasil fará a cobertura do torneio, informando, com o já conhecido empenho, o dia-a-dia dos jogadores dos Blues.

Category: Competições

Tags:

Article by: Luís Barbosa