Jogando pelo terceiro lugar, Brasil perde novamente

a
Brasil termina sua participação na copa com a pior defesa de sua história: 14 gols sofridos

Brasil e Holanda se enfrentaram em Brasília pela decisão do terceiro lugar da Copa do Mundo. A Holanda veio de boa campanha no torneio, já o Brasil veio de uma goleada histórica sofrida contra a Alemanha. E a seleção brasileira saiu derrotada de campo mais uma vez: os adversários foram mais efetivos e venceram por 3-0.

Com várias mudanças no time titular, os três brasileiros do Chelsea começaram jogando. William foi titular pela primeira vez na seleção brasileira e teve uma partida discreta. Ramires, mais uma vez, não impressionou. Já Oscar foi um dos melhores brasileiros em campo, participando das poucas jogadas de ataque que os anfitriões fizeram na partida.

Na primeira jogada ofensiva da partida, van Persie lançou Robben, que avançou em direção à área e foi derrubado por Thiago Silva. O árbitro marcou pênalti, e na cobrança van Persie converteu, abrindo o placar. O Brasil respondeu aos seis minutos: em um jogada de Oscar pelo lado esquerdo, o meia dos Blues cruzou para a área, mas Jô e Ramires não alcançaram a bola. Os brasileiros continuavam buscando o ataque, querendo o empate.

Mas em um contra-ataque dos holandeses, Robben lançou de Guzman pela direita, que cruzou para a área. David Luiz cortou muito mal, a bola parou nos pés de Blind que mandou a bola para o fundo das redes pela segunda vez. 2-0 em 17 minutos, novamente a partida estava decidida ainda no primeiro tempo. Mesmo com o segundo gol, o Brasil não parou de atacar. Porém, não foi efetivo. Foram algumas boas chances no restante do primeiro tempo, como um chute de Maxwell de fora da área, ou uma cobrança de falta de Oscar, onde vários jogadores brasileiros não alcançaram a bola.

O segundo tempo teve pouca movimentação de ambas as equipes. A primeira chance foi dos holandeses, com Robben, que passou por dois jogadores e chutou para boa defesa de Júlio César. Aos 60 minutos, após jogada de Jô, a bola ficou com Ramires, que girou e chutou da entrada da área, quase diminuindo o placar. Em outra jogada de Jô, a bola sobrou para Hulk, que chutou longe do gol. Já pela Holanda, em um escanteio cobrado por Robben, Kuyt se antecipou a Júlio César e cabeceou por cima da trave.

Já nos acréscimos, veio o golpe fatal: Robben tocou para Janmaat no lado direito, o lateral cruzou para Wijnaldum, que sem marcação nenhuma, completou e fez o terceiro gol. Além de conquistar a terceira colocação, a Holanda terminou a Copa invicta, assim como a Costa Rica. Já o Brasil coleciona mais uma derrota. Com os três gols de hoje o Brasil chegou a dez gols sofridos nas últimas duas partidas.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 0-3 HOLANDA

Local: Estádio Mané Garrincha, Brasília (DF)
Data:
12/07/2014
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Djamel Haimoudi (Argélia)
Assistentes: Redouane Achik (Marrocos) e Abdelhak Etchiali (Argélia)
Cartões amarelos: 
Thiago Silva, Fernandinho, Oscar, Robben, de Guzman
Gols: van Persie 3′, Blind 17′, Wijnaldum 90′

BRASIL: Júlio César; Maicon, Thiago Silva, David Luiz, Maxwell; Gustavo (Fernandinho 46′), Paulinho (Hernanes 56′), Ramires (Hulk 72′), Oscar, Willian, Jô
Treinador: Luiz Felipe Scolari

HOLANDA: Cillessen (Vorm 90′), Kuyt, de Vrij, Vlaar, Martins Indi, Blind (Janmaat 70′), Clasie (Veltman 89′), Wijnaldum, de Guzman, Robben, van Persie
Treinador: Louis van Gaal

Durante toda a Copa do Mundo, o Chelsea Brasil fará a cobertura do torneio, informando, com o já conhecido empenho, o dia-a-dia dos jogadores dos Blues.

Category: Competições

Tags:

Article by: Luís Barbosa