Grupo D: Inglaterra está eliminada; Costa Rica se classifica

Foto: Andy Hooper
Após duas derrotas em dois jogos, os ingleses estão eliminados

Jogando em São Paulo, a Inglaterra perdeu para o Uruguai por 2-1. Após a vitória da Costa Rica sobre a Itália na outra partida do grupo, os ingleses estão eliminados da Copa do Mundo. Apesar da derrota, Cahill fez uma boa partida. Se não fosse a participação do zagueiro dos Blues, a derrota poderia ter sido pior. O primeiro tempo começou com domínio uruguaio, mas aos poucos a Inglaterra criou algumas chances perigosas, e quase abriu o placar com Rooney, que cabeceou na trave. Aos 38 minutos, após jogada de Lodeiro pelo centro e passe para Cavani pelo lado esquerdo, o atacante cruzou para a pequena área, e Suarez, que surgiu atrás de Jagielka, cabeceou para o fundo das redes.

O Uruguai perdeu boas chances de ampliar o placar no início do segundo tempo, mas em seguida o jogo ficou mais aberto, com chances para ambos os lados. Aos 75 minutos, após ótima jogada de Johnson, que passou por Godin e Gonzalez, cruzou rasteiro para Rooney empurrar a bola para o fundo do gol, empatando a partida. E aos 85 minutos, após tiro de meta cobrado por Muslera, a bola cruzou o meio-campo e após Gerrard escorar a bola, ela sobrou para Suarez, que entrou na área e chutou forte, marcando o segundo gol do Uruguai.

– Destaque da Partida: Suárez. Voltou aos gramados após cirurgia e marcou os gols da vitória do Uruguai.

– Mandou mal: Gerrard. Errou o passe que deu origem ao primeiro gol dos uruguaios, e falhou no lance do segundo gol.

FICHA TÉCNICA

INGLATERRA 1 – 2 URUGUAI

Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)

Data: 19 de junho de 2014, quinta-feira

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Carlos Velasco Carballo (Espanha) Assistentes: Roberto Alonso Fernandez e Juan Yuste

Cartões Amarelos: Godin, Gerrard

Cartões Vermelhos: – 

Gol: Suarez (39′, 85′), Rooney (75′)

INGLATERRA: Hart; Baines, Cahill, Jagielka, Johnson; Gerrard, Henderson (Lambert 87′); Sterling (Barkley 65′), Rooney, Welbeck (Lallana 71′); Sturridge.
Técnico: Roy Hodgson

URUGUAI: Muslera; Cáceres, Giménez, Godín, Pereira; González (Fucile 78′), Arévalo Ríos, Lodeiro (Stuani 67′), Rodríguez; Cavani, Suárez (Coates 87′).
Técnico: Oscar Tabarez

Costa Rica supera os italianos e garante a classificação antecipada

Jogadores da Costa Rica comemoram a classificação antecipada Foto: Getty Images
Jogadores da Costa Rica comemoram a classificação antecipada (Foto: Getty Images)

Jogando em Pernambuco, a Costa Rica surpreendeu e venceu sua segunda partida, se classificando antecipadamente. A volta de Buffon e a presença de Thiago Motta não foram capazes de superar os costarriquenhos. Como esperado, a Itália seguiu com o mesmo estilo de jogo, com mais posse de bola e vários passes, mas o forte sistema defensivo armado pela equipe latino-americana aliado a uma alta linha defensiva anulou os europeus por diversas ocasiões.

Perto do final do primeiro tempo, Campbell recebeu lançamento e avançou até a grande área, e apesar de ter sido derrubado por Chiellini, o árbitro não marcou pênalti. Minutos depois, finalmente saiu o primeiro gol: após cruzamento de Duarte pela esquerda, Ruiz cabeceou, a bola passou por Buffon e entrou. No segundo tempo a Itália foi mais ofensiva, mas mesmo assim teve menos chances de gol que a Costa Rica.

Na próxima terça-feira (24), Inglaterra e Costa Rica se enfrentam em Belo Horizonte, às 13:00. No mesmo horário, Itália e Uruguai se enfrentam em Natal, para decidir quem ficará com a outra vaga do grupo.

– Destaque da Partida: Diaz. O lateral esquerdo dominou seu lado do campo, anulando as jogadas dos italianos.

– Mandou mal: Chiellini. Além de ter derrubado Campbell na área (apesar de o árbitro não ter marcado pênalti), falhou no lance do único gol da partida.

ITÁLIA 0-1 COSTA RICA

Local: Arena Pernambuco, Recife (PE)

Data: 20 de junho de 2014, sexta-feira

Horário: 13 horas (de Brasília)

Árbitro: Enrique Osses (CHI), Assistentes: Carlos Astroza e Sergio Roman

Cartões amarelos: Cubero, Balotelli

Itália
Buffon; Abate, Barzagli, Chiellini, Darmian; De Rossi; Candreva (Insigne 57′), Pirlo, Thiago Motta (Cassano intervalo), Marchisio (Cerci 69′); Balotelli . Técnico: Cesare Prandelli

Costa Rica
Navas; Umana, Duarte, Gonzalez, Gamboa, Diaz; Borges, Bolanos, Tejeda (Cubero 68′); Ruiz (Brenes 81′); Campbell (Ureña 74′). Técnico: Jorge Luis Pinto

Category: Competições

Tags:

Article by: Luís Barbosa