Emma Hayes comanda treinamento do Chelsea

Emma Hayes elogia Everton e menciona jogo diferenciado na FA Cup

Emma Hayes, técnica do Chelsea Women, concedeu entrevista ao site oficial do Chelsea sobre o confronto frente ao Everton. Jogo válido pela fase quartas de final da Women’s FA Cup. A partida está agendada para domingo (27), às 9h (horário de Brasília), com transmissão do site oficial, aplicativo 5th Stand e FA Player (Internet). Além disso, Hayes mencionou a importância de seguir com o desempenho positivo da temporada. Em 2020/21, o Chelsea não sofreu derrotas e busca a classificação para a semifinal da Copa da Inglaterra, em Goodison Park.

O Chelsea avançou para a fase quartas de final da Copa da Inglaterra após Guro Reiten, atleta do time londrino, protagonizar o gol da classificação frente ao Liverpool. O jogo foi realizado em fevereiro e, desde então, as partidas foram suspensas em decorrência da pandemia de coronavírus. Por isso, a FA definiu que as últimas três rodadas de 2019/20 seriam realizadas no começo da temporada 2020/21.

Atuar em 2019/20 na temporada 2020/21

“É estranho participar de uma competição da temporada passada. Mas é um troféu que estamos disputando, ainda não vencemos e eu acho essa é a eliminatória mas complicada da rodada. O Everton investiu pesado. Trouxe atletas fantásticas, tem um técnico brilhante e querem alcançar o título. É fundamental que nosso time continue construindo como fizeram no jogo contra o Bristol”, iniciou Emma Hayes.

Jogo diferenciado

“A pausa internacional foi realizada e foi necessária. Eu percebi o modo como as atletas retornaram e como elas voltaram com vontade de atuar nesse jogo [contra o Everton]. Estão focadas em suas qualidades e forças que terão que apresentar no jogo.  É sobre entender que é um jogo de Copa e sobre o time que jogar melhor no dia. É muito diferente de um jogo de Liga”, afirmou.

Niamh Charles e Bethany England no treinamento do Chelsea Women
Niamh Charles e Bethany England no treinamento do Chelsea Women. (Chelsea FC / Site)

Chelsea e a força do plantel

“Nós temos um plantel, nós não temos só 11 jogadoras. Nós temos um time e temos que ter impacto nas atletas que saírem do banco de reservas. Assim que tem que ser em todo jogo. Se queremos competir em todas as competições, incluindo internacionais, precisamos reconhecer que cada atleta tem parte nesse processo. Precisamos entender para competir por premiações. Além disso, temos uma comissão que está apta nessas decisões de apontar quais atletas estão em melhor condicionamento com o passar dos meses. Isso é muito importante também”, disse Hayes.

Cobertura televisiva

“Vemos atualmente novos parceiros de transmissão das competições. O fato que estaremos atuando em Goodison Park hoje e ambas as semifinais serão transmitidas pela BBC Two e BBC Four mostra uma oportunidade de expor nosso esporte. É algo que o público quer ver em quantidade maior, mas nada que substitua as atuações próximas do seus torcedores e dos fãs. É difícil jogar com estádios vazios, pois os torcedores te elevam em momentos que o jogo demanda isso; Quando as atletas ovem os cânticos, isso pode elevar a performance delas [no jogo”, concluiu Emma Hayes.

Por fim, quem avançar no confronto entre Everton e Chelsea enfrentará o vencedor de Brighton e Birmingham na semifinal da Women’s FA Cup. O jogo do time de Emma Hayes terá transmissão do site oficial do clube, do aplicativo 5th Stand e da FA Player.

Category: Competições

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.