Christensen e Jorginho vivem situações inéditas em derrota contra Liverpool

Andreas Christensen e Jorginho foram protagonistas, de um modo indesejado, na derrota contra o Liverpool por 2 a 0. O defensor foi expulso na reta final da primeira etapa do duelo. Por outro lado, Jorginho teve sua cobrança de penalidade máxima defendida pelo goleiro Alisson. Ambas as situações foram inéditas aos atletas. Primeiramente, essa foi a primeira vez que Christensen foi expulso com a camisa do Chelsea – e em sua carreira. Além disso, foi a primeira vez – no tempo regulamentar – que Jorginho desperdiçou uma cobrança de pênalti.

A situação de Christensen foi frisada pelo jornalista Michael Yokhin. O dinamarquês recebeu três cartões amarelos nos primeiros 98 jogos de campeonatos nacionais. Segundo Yohkin, os três cartões recebidos foram em passagens pelo Chelsea e Borussia Monchengladbach. Por outro lado, o zagueiro recebeu cinco cartões amarelos em 21 jogos de Premier league sob o comando técnico de Frank Lampard.

Endossando os bons números do defensor, o Transfermarkt aponta 10 cartões amarelos em 249 partidas. Incluindo categorias de base (Sub-18, 19 e 23) e no elenco profissional (Borussia e Chelsea). Por fim, e já mencionada, a expulsão contra o Liverpool foi a primeira na carreira do dinamarquês. De acordo com o site do Chelsea, Andreas Christensen jogou 21 partidas na temporada 2019/20. 1752 minutos de atuação, 38 desarmes e 21 deles com recuperação de posse. Ou seja, 55% de desarmes com sucesso.

Jorginho e o pênalti defendido

O atleta iniciou o duelo contra o Liverpool como capitão. Consequentemente, o ítalo-brasileiro completou 100 jogos com a camisa do Chelsea no duelo de domingo (20). Além disso, o site Transfermarkt apontou que Jorginho está entre os meio-campistas defensivos mais valiosos do mundo. Ou seja, algumas situações positivas e que envolveram o futebolista antes da bola rolar para o jogo contra o Liverpool.

O histórico de Jorginho apontava retrospecto impecável de oito cobranças e oito gols. Com exceção do erro na decisão de penalidades máximas, contra o Manchester City, na Copa da Liga Inglesa. Em outras palavras, Jorginho não tinha perdido pênaltis no tempo regulamentar. Por isso, o Chelsea incluiu o camisa 5 em uma lista de atletas com alto índice de aproveitamento na em penalidades máximas. Entretanto, o jogador teve que atualizar o histórico – com um asterisco – contra o Liverpool. Em sua nona cobrança na marca da cal, o goleiro brasileiro Alisson fez a defesa da tentativa de Jorginho.

A expulsão de Christensen e a cobrança de pênalti de Jorginho foram alguns dos lances do Chelsea na derrota contra o Liverpool por 2 a 0. Confira o pós-jogo do Chelsea Brasil. Além disso, leia as considerações de Frank Lampard após o duelo em Stamford Bridge.

Category: Competições

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.