Chelsea teve apenas dois pênaltis marcados a seu favor na Premier League

penalty-puzzle.img
São, até o momento, sete penalidades não marcadas a favor dos Blues (Foto: Getty Images)

Ao longo desta temporada, muito tem se falado sobre uma perseguição da arbitragem contra o Chelsea. No decorrer da campanha na Premier League, por várias vezes penalidades e faltas deixaram de ser marcadas a favor dos Blues, o que gerou, inclusive, revolta em José Mourinho, que chegou a alegar que havia uma “campanha” da arbitragem inglesa contra seu clube.

Após o nosso empate com o Southampton, no último domingo, José Mourinho foi perguntado pelos meios de comunicação se acreditava que sua equipe teria mais alguma penalidade marcada a seu favor antes do final da temporada. O questionamento ocorreu depois que, na partida, Branislav Ivanovic sofreu pênalti claro não marcado, ainda no primeiro tempo, quando o placar marcava 1 a 1, placar que permaneceu até o final da partida.

Ivanovic sofrei pisão de Dusan Tadic no jogo contra o Southampton (Foto: Getty Images)
Ivanovic sofreu pisão dentro da área de Dusan Tadic no jogo contra o Southampton (Foto: Sky Sports)

Até o momento, o Chelsea já disputou 28 jogos da Premier League, nos quais apenas duas penalidades foram marcadas a favor dos Blues. Ambas foram sobre o jogador que mais recebe faltas na campeonato, Eden Hazard, e ambas ocorreram em jogos em casa, contra rivais de Londres, Arsenal e QPR, respectivamente.

Um dado espantoso é que o último pênalti marcado a favor ocorreu há mais de quatro meses e meio atrás. Este período fica ainda mais destacado quando leva-se em conta a quantidade de polêmicas em volta de penalidades não marcadas a favor do Chelsea nas últimas semana. Além disso, historicamente, este número está muito abaixo do normal.

No ano da campanha do Double (Premier League e Fa Cup), em 2009/10, quando os Blues eram, indiscutivelmente, o time mais ofensivo da Premier League, o Chelsea teve marcado a seu favor 12 pênaltis. Ao contrário da atual temporada, onde apenas um jogador sofreu a infração, naquela temporada vários jogadores sofreram as faltas dentro da área, sendo eles Didier Drogba, Frank Lampard, Ashley Cole, Yury Zhirkov, Salomon Kalou, Branislav Ivanovic e Nicolas Anelka.

No ano seguinte, quando o Chelsea terminou em segundo lugar, foram marcadas a favor dos Blues oito tiros da marca dos nove metros. Mesmo na péssima campanha que viu os azuis de Londres em sexto colocado em 2011/12, a pior posição desde que o clube passou a ser de propriedade de Roman Abramovich, os Blues cobraram cinco penalidades. Foram 11 penalidades no campeonato seguinte, quando o Chelsea ficou em terceiro lugar.

Já na última temporada, a primeira de José Mourinho em sua volta à Stamford Bridge, foram marcadas sete penalidades a favor do Chelsea no campeonato, por faltas em Eden Hazard, Oscar, Ramires, Samuel Eto’o (duas vezes), Fernando Torres e Mohamed Salah.

Na atual temporada da Premier League, o Chelsea é, inquestionavelmente, um dos times mais ofensivos da competição, com a posição de líder mantida ao longo do campeonato e o segundo melhor ataque, até o momento, confirmando o rótulo de time ofensivo, que gasta muito tempo na área adversária, o que torna ainda mais impressionante a quantidade de penalidades marcadas até o momento a favor dos Blues.

Os dois concorrentes mais próximos na Premier League nesta temporada, Manchester City e Arsenal, ambos foram contemplados com sete penalidades. A título de comparação na tabela de gols marcados na competição, o City tem apenas um gol a mais do que o Chelsea e  o Arsenal dois a menos, o que prova que o Chelsea tem marcado mais gols de bola rolando que os adversários e demonstrando que o clube poderia estar em uma posição mais confortável se as penalidades que foram deixadas de ser marcadas tivessem sido assinaladas e convertidas.

Claro, pode-se dizer que quando as outras equipes jogam contra os líderes, eles se tornam particularmente mais cuidadosos dentro de sua própria área. Contudo, a quantidade de penalidades marcadas a favor de Arsenal e Manchester City, além do número de erros claros da arbitragem ao longo da campanha, sugerem que o motivo para um número tão baixo não é exatamente este.

Já no primeiro jogo do campeonato, contra o Burnley, uma série de decisões equivocadas da arbitragem levaram a pênaltis não marcados durante a partida. Diego Costa foi a principal vítima naquela noite, depois de ser derrubado claramente tentando driblar o goleiro. Em faltas sobre ele também deveriam ter sido marcados pênaltis no jogo do primeiro turno contra o Liverpool, mas, talvez, a fama do atacante não contribua para que os árbitros marquem faltas a seu favor.

No Old Trafford, no final de outubro, tanto John Terry quanto Branislav Ivanovic foram atirados ao chão, quando tentavam um cabeceio em bola cruzada na área. Cesc Fàbregas, no final de dezembro, contra o Southampton no primeiro turno, foi derrubado de forma clara na área sem que fosse marcada falta (o lance inclusive foi o que gerou o comentário de “campanha” contra o Chelsea, proferido por Mourinho); quatro dias depois, contra o Tottenham, quando o Chelsea vencia o jogo houve outro penalidade a favor dos Blues não marcada.

Veja abaixo vídeos dos lances contra o Manchester United e contra o Southampton:

Todos estes lances ocorreram, ainda, antes da fatídica partida contra o Burnley, já pelo segundo turno, em fevereiro, em que lances envolvendo Ivanovic e Diego Costa não foram marcados pelo juiz do confronto. Ivanovic atirou em direção ao gol e o defensor adversário bloqueou o chute com ambos os braços abertos em direção a bola. Já Diego Costa foi empurrado por cima e por baixo e atirado ao chão. Ambos lances claros e não marcados.

Veja abaixo os vídeos dos lances:

Com isso, são ao menos sete penalidades claras não marcadas a favor do Chelsea; e isto sem se falar nos lances que ficaram com a impressão de duvidosos, que preferiu-se não incluir nesta reportagem, já que não se tratavam de lances claros de penalidades, mas que certamente poderiam ser discutidos.

Abaixo, uma lista dos números de penalidades marcadas a favor dos Blues nesta temporada, até agora, e nas cinco campanhas anteriores:

2014/15 – 2*

2013/14 – 7

2012/13 – 11

2011/12 – 5

2010/11 – 8

2009/10 – 12

*em 28 partidas disputadas

Category: Competições

Tags:

Article by: Márcio Canedo