Após empate em derby, Chelsea recebe Bournemouth

Equipes buscam recuperação na temporada (Foto: Premier League)
Equipes buscam recuperação na temporada (Foto: Premier League)

No último final de semana, o Chelsea foi ao estádio White Hart Lane e empatou sem gols com um de seus rivais londrinos, o Tottenham. Esta foi a terceira partida em que os Blues não concederam nenhum gol, conseguindo, por fim, uma boa sequência na temporada. Buscando ganhar mais confiança e fôlego na atual campanha, o clube, atual 14º colocado, recebe o Bournemouth, 18º, no próximo sábado (05). A partida acontecerá às 15h30 (horário de Brasília) e terá transmissão do canal ESPN Brasil. Você também fica por dentro de tudo o que acontecer no encontro em nosso twitter, o @Chelseabrasil.

Chelsea pode ter novidade

O treinador José Mourinho tem um motivo para sorrir antes da partida contra o Bournemouth. Afastado há um bom tempo em função de lesão, que inclusive foi tratada com procedimento cirúrgico, o goleiro Thibaut Courtois está recuperado e pode retornar ao time no final de semana. Apesar disso, John Terry, que está a um jogo de completar 300 vitórias na Premier League, não se recuperou de um pequeno problema, assim como Ramires e Radamel Falcao, peças que desfalcam os Blues.

Eddie Howe tem muitos problemas para escalar sua equipe

Como se não bastasse a posição ruim na tabela de classificação, o Bournemouth ainda enfrenta uma situação difícil com vários jogadores lesionados e outros em dúvida para a partida contra o Chelsea. Christian Atsu, Tyrone Mings, Max Gradel e o artilheiro do time, Callum Wilson, estão fora, lesionados. Para mais, os dois goleiros principais da equipe, Artur Boruc e Adam Federici, além de Harry Arter, Lee Tomlin e Marc Pugh, são dúvidas para a partida e serão reavaliados antes do início da mesma.

Prováveis escalações:

Chelsea (4-2-3-1): Begovic (Courtois); Ivanovic, Cahill (Terry), Zouma, Azpilicueta; Matic, Fàbregas; Willian, Oscar, Pedro (Diego Costa); Hazard. Téc.: José Mourinho

Bournemouth (4-5-1): Federici (Boruc); Francis (Smith), Cook, Distin, Daniels; Surman, Ritchie, Arter, Gosling, Stanislas; King. Téc.: Eddie Howe

Entrevistas Pré-Jogo

José Mourinho (Chelsea)

(Foto: Chelsea FC)
Mou confirmou que Courtois está relacionado (Foto: Chelsea FC)

Antes da partida contra o Bournemouth, em sua coletiva, José Mourinho lamentou não ter o elenco completo para a partida, mas destacou sua confiança de que o Chelsea está conseguindo recuperar-se de sua má fase recente.

“Eu estava esperando que todos estivessem em forma, mas não foi possível. John (Terry), Ramires e Falcao seguem fora. O Courtois foi relacionado. Ainda não lhes disse quem começará, eles têm que ser os únicos a saber, mas ele está com o grupo. Tenho que tomar uma decisão, mas claramente, cedo ou tarde, ele será o número um, então, se não jogar contra o Bournemouth jogará contra o Porto. Ele foi nosso goleiro na temporada passada e sabemos o quão fundamental ele foi para nós, então é muito importante tê-lo de volta.

Perder seu número um por três meses, algo como 19 partidas em todas as competições, sem o melhor goleiro do mundo, foi difícil para nós. Foi um longo, longo tempo, longo demais, mas agora nos sentimos melhor. Temos ele, temos Begovic, Amelia e Blackman e agora estamos seguros. Estamos de volta em uma super posição, em que temos o melhor e um muito bom.

Esperamos que a sequência negativa tenha ficado para trás. Tenho que ser cauteloso, você não sabe o que está esperando por você ao virar a esquina. A realidade é que a sequência foi muito ruim, mas fomos muito fortes como um clube – a comissão técnica e o elenco de jogadores – para lidar com isso e tentar ultrapassá-la.  Começamos fazendo isso, com maus resultados, mas boas performances. Mantivemos nossa fé, nossa estabilidade e nossa crença.

Finalmente na última semana tivemos três bons resultados em sequência. Esse mês de dezembro pode ser um bom mês. Jogaremos quatro partidas em casa, três na Premier League e uma na Champions League.

Viajamos para (enfrentar) dois dos três melhores times, Manchester United e Leicester, o tipo de partida que você quer jogar, porque não tem nada a perder e tudo a vencer. Dezembro pode ser um bom mês.”

Eddie Howe (Bournemouth)

Howe acredita que sua equipe está recuperando a confiança (Foto: Getty Images)
Howe acredita que sua equipe está recuperando a confiança (Foto: Getty Images)

Em sua entrevista coletiva, o treinador Eddie Howe comentou sobre o bom desempenho de sua equipe na última partida, dizendo que espera que seus atletas consigam mais confiança depois do último encontro e ressaltando que uma boa partida contra o Chelsea depende só de seus próprios jogadores.

“Foi certamente um sentimento ótimo após o final do jogo (contra o Everton, empate por 3×3). Você espera que um resultado como esse possa realmente dar uma injeção de confiança e na crença dos jogadores – isso certamente ajudará a construir um momento.

O que estamos buscando fazer agora é transformar essas performances em vitórias e espero que um jogo como o contra o Everton possa ser o catalisador para isso.

Estamos enfrentando-os (o Chelsea) em um bom momento em nossa perspectiva. Estamos em um bom lugar. O que encontramos neste nível é que quando você está em um bom lugar e em nossos níveis normais nós competimos.

Mas se não estivermos, podemos tornar isso difícil para nós mesmos. Então, como usual, a preparação para esse jogo (contra o Chelsea), é toda sobre nós mesmos.”

Último encontro

Chelsea venceu o último confronto contra o Bournemouth (Foto: Chelsea FC)
Chelsea venceu o último confronto contra o Bournemouth (Foto: Chelsea FC)

A última vez em que Chelsea e Bournemouth se enfrentaram foi na temporada 1994-1995, em partida válida pela League Cup. Na ocasião, o Chelsea venceu por 1×0 e eliminou o adversário da competição.

Fique de Olho

Stanislas foi destaque na última partida
Stanislas foi destaque na última partida

Jogador que tem passagem pelas seleções de base da Inglaterra, o ponta Junior Stanislas vive bom momento na temporada e é a grande arma do time, com as ausências dos velozes Christian Atsu e Max Gradel, além do centroavante Callum Wilson, todos lesionados. Destaque na última partida dos Cherries, tendo marcado dois gols, o jogador deve ser uma das principais armas do Bournemouth para a partida, devendo o Chelsea ter atenção com seus avanços pelo lado direita da defesa londrina.

Curiosidades

– Chelsea e Bournemouth se enfrentaram cinco vezes na história. Os Blues venceram quatro jogos e perderam um;

– O maior resultado no confronto aconteceu na temporada 1988-1989, quando o Chelsea venceu por 2×0;

– O Bournemouth é o time que mais jogadores ingleses usou até agora na Premier League, com 14;

– O Bournemouth tem, ao lado do Newcastle, a pior defesa da Premier League, tendo sofrido 30 gols em 14 jogos;

– Lesionado, o ganês Christian Atsu está emprestado ao Bournemouth pelo Chelsea.

Category: Competições

Tags:

Article by: Wladimir de Castro Rodrigues Dias

Advogado graduado pela PUC Minas, mestrando em Ciências da Comunicação (Universidade do Minho), 24 anos. A preferência é o futebol bretão, mas me interesso pelo esférico rolado em qualquer terra. Desde a infância, tenho no atacante Marques e no argentino Pablo Aimar referências; o melhor jogador que vi jogar foi o lúdico Ronaldinho Gaúcho, na temporada 2004/05. Também no O Futebólogo, no Doentes por Futebol e na Corner.