Ancelotti alfineta Chelsea e não coloca clube entre os favoritos

Italiano não inclui Blues na lista dos favoritos da UCL (Foto: Getty Images).

Em entrevista concedida ao Gazzetta dello Sport, o atual treinador do PSG, Carlo Ancelotti, disse que aceitou comandar a equipe da capital francesa não por questões financeiras, mas sim pelo projeto do clube e pela gastronomia do país. Segundo o próprio treinador, o dinheiro esteve longe de ser uma motivação na sua ida para a cidade-luz.

“O PSG me conquistou pelo pão! Tudo que se come em Paris não se encontra em outro lugar. Tal como os meus jogadores, vim por causa do projeto e não por dinheiro. Dinheiro recebi de Roman Abramovich quando fui despedido do Chelsea”, disse Ancelotti ao jornal italiano.

Sobre a UEFA Champions League, o ex-treinador dos Blues comentou ainda que considera Real Madrid, Barcelona e Manchester City as equipes mais fortes da atual edição do torneio continental, apostando no Zenit como principal candidato a surpresa da competição. No grupo de Porto, Dínamo Zagreb e Dínamo de Kiev, Ancelotti falou sobre os objetivos do Paris Saint-Germain na temporada.

“O nosso objetivo é vencer o campeonato e passar a fase de grupos da Liga dos Campeões. O nosso trabalho vai ser essencialmente psicológico, temos de estar preparados para mostrar a nossa força e assustar os nossos adversários”, completou o técnico do PSG.

Category: Competições

Tags:

Article by: Patrick Monteiro