Chelsea renova sua parceria com a Right To Play

A parceria, que existe desde 2007, foi estendida por mais três anos. (Foto: Site Oficial)

O Chelsea Football Club anunciou a extensão em sua parceria global com a Right To Play por mais três anos. O novo acordo dá continuidade à parceria na qual o clube arrecadou mais de 1,5 milhão de libras para o trabalho vital da entidade pelo mundo.

A Right To Play tem como objetivo utilizar o esporte como uma ferramenta para mudar a vida dos jovens. O clube está ajudando a instituição, que trabalha com mais de 830 mil crianças por semana em 22 países, desde 2007.

O sucesso dos Blues na Liga dos Campeões da última temporada elevou a parceria a um novo nível, com o seu logo aparecendo na camisa do Chelsea.

Ron Gourlay, presidente executivo do Chelsea, disse: “O Chelsea Football Club compreende o significado do esporte em comunidades ao redor do mundo e estamos muito satisfeitos em ampliar nossa parceria com a Right To Play, que continua mudando a vida de todos.”

“Acreditamos no poder do futebol e do esporte para alcançar por todo o mundo e estamos ansiosos em poder trabalhar junto com a Right To Play por mais três anos para ajudar centenas de milhares de de crianças a brincar, aprender e inspirar uns aos outros.”

Johann Olav Koss, fundador e presidente executivo da Right To Play acrescentou: “Eu estou animado sobre nossa parceria com o Chelsea. O clube tem mostrado a sua dedicação a Right To Play desde que começamos a trabalhar juntos em 2007.”

“Nossa parceria tem ajudado a espalhar a mensagem de que o esporte tem o poder de melhorar a vida de crianças que vivem em algumas das áreas mais desfavorecidas do mundo. Estamos orgulhosos do que já conseguimos e agora estamos ansiosos para o futuro.”

Por causa dessa parceria, alguns jogadores e funcionários do clube visitaram vários projetos da instituição de caridade ao redor do mundo, incluindo Jordânia, Gana, Estados Unidos e o Extremo Oriente.

A Right To Play dá às crianças uma chance de se tornarem mais participativas na sociedade, independentemente de gênero, deficiência, etnia, origem social ou religião. Através de jogos e esportes, a instituição ajuda a criar mudanças sociais nas comunidades afetadas por guerra, pobreza ou doença.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Luís Barbosa