Ben Chilwell elogiou os companheiros de time no empate em casa contra o Sevilla.

Ben Chilwell comenta sobre início de temporada do Chelsea

Antes de prestar serviços ao selecionado nacional, Ben Chilwell concedeu entrevistas ao site oficial do Chelsea sobre o seu início na equipe londrina. O lateral-esquerdo disse que precisava de um novo desafio na carreira e comentou sua frustração por não ter a presença de público por causa do atual cenário pandêmico.

Mais ofensividade

“Desde que eu cheguei, eu me sinto muito confortável. Isso depende do técnico, atletas e comissão técnica. Todos me proporcionaram uma boa recepção. Além disso, o estilo de jogo que propomos combina comigo perfeitamente. O treinador e a comissão técnica sempre me falam para eu aparecer na segunda trave e subir ao ataque, marcar mais gols e obter mais assistências. Não posso ficar feliz em apenas fazer cruzamentos, quero marcar os gols e ter as assistências. Tentei adicionar isso ao meu jogo na atual temporada”, iniciou Ben Chilwell.

Defensivamente falando

Ben Chiwell saiu do banco de reservas para dar assistência no jogo contra o Barnsley, na Copa da Liga Inglesa.
Ben Chiwell saiu do banco de reservas para dar assistência no jogo contra o Barnsley, na Copa da Liga Inglesa. (Chelsea FC / Website)

“Jogando ao lado de Thiago Silva, Zouma, Reece, Azpi e Mendy. Todos que compõe o setor defensivo são brilhantes. Quando você está jogando com pessoas que você confia ao seu redor, isso dá mais confiança na maneira que você joga. Ou seja, eu sinto que estou confortável por causa da maneira como todos atuam comigo”.

Gols e assistências nos primeiros jogos

“É um equilíbrio. Não é subir e deixar o resto da defesa vulnerável. Por outro lado, não é ficar na defesa e não avançar. Tem que escolher seus momentos. Além disso, o que eu acho brilhante é quando eu avanço, eu tenho Mount ou Kanté para cobrir meu espaço. Ou Jorginho e Kanté na cobertura. Assim sendo, Silva e Zouma estão lá na na linha defensiva. Ou seja, eu sei que quando eu avanço, outros colegas estão realizando um trabalho brilhante em relação ao contra-ataque do adversário”.

Time em sintonia

“Quando chega o final de semana, todos sabemos onde precisamos estar quando alguém tem a bola e. defensivamente. Além disso, todos nós sabemos onde precisamos estar quando há um desarme ou mudança de posse”.

A mudança de Leicester para Londres

Ben Chilwell falou em busca de novos desafios da carreira. Por isso, o lateral decidiu trocar Leicester por Londres.
Ben Chilwell falou sobre busca de novos desafios da carreira. Por isso, o lateral decidiu trocar Leicester por Londres. (Reprodução: Chelsea FC)

“Eu sentia que precisava de um novo desafio na carreira. O Chelsea é uma das maiores equipes da Europa e, com os jogadores que chegaram, eu estava ansioso para ajudar a equipe na conquista de troféus. Conversando com os outros atletas que chegaram, eles dizem o mesmo. Se você olhar para a maneira que jogamos no mês passado, e se continuarmos trabalhando duro, podemos no próximo ano ou nos próximos anos ganhar muitos troféus”, disse o defensor do Chelsea.

Jogos sem público

“Na verdade, eu pergunto muito aos companheiros de trabalho como é Stamford bridge com público, pois não experimentei isso ainda. Todos dizem que [os jogos] são incríveis, especialmente as noites de Champions League. Por isso, tem sido frustrante para mim não ter torcedores no estádio, especialmente depois de ter marcado duas vezes. Teria sido muito bom comemorar com os torcedores, o mais importante é que estamos vencendo. Com esperança, estaremos em uma boa posição na tabela quando os fãs voltarem e poderemos produzir um futebol emocionante para todos”, concluiu Ben Chilwell.

Além disso, o Chelsea Brasil está muito próximo de ser reconhecido novamente como Torcida Oficial dos Blues. Por isso, clique no banner abaixo e nos ajude.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.