Árbitros ingleses ameaçam boicotar jogos do Chelsea

Árbitro se envolve em polêmica em clássico inglês (Foto: REUTERS/Eddie Keogh).

Em solidariedade a Mark Clattenburg, os árbitros ingleses podem boicotar as próximas partidas do Chelsea pela Premier League. Clattenburg é acusado pelo clube londrino de uso de “linguagem inapropriada” durante a partida entre Chelsea e Manchester United. O clássico aconteceu no último domingo, pela nona rodada do Campeonato Inglês.

Um dos indignados, Clive Wilkes, ex-árbitro da Premier League, expressou seu descontentamento e o dos demais árbitros.

“Tenho falado com eles e há uma grande consternação com o que está acontecendo com o Mark. Os árbitros estão profundamente desiludidos porque se sentem vulneráveis e isolados. Sei de alguns que já pensam boicotar os jogos do Chelsea”, revelou o inglês ao The Sun.

Wilkes também aproveitou a oportunidade para relembrar os casos dos árbitros Anders Frisk e Graham Poll.

“Não é a primeira vez que um árbitro é alvo do Chelsea. Já aconteceu com Anders Frisk e Graham Poll. Não é exagero dizer que os árbitros deste país nunca se sentiram tão rebaixados.”

Anders Frisk abandonou o futebol após ser ameaçado de morte por ter expulsado o marfinense Didier Drogba, numa partida eliminatória da Champions League de 2005, entre Chelsea e Barcelona. No ano seguinte, foi a vez de Graham Poll se envolver em polêmica com os Blues ao expulsar o zagueiro John Terry no duelo contra o Tottenham.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: Patrick Monteiro