O fim da 2ª era de David Luiz no Chelsea

David Luiz Moreira Sobrinho, também conhecido como sósia do Sideshow Bob (personagem do Simpsons), nascido na cidade de Diadema/SP, no dia 22 de Abril de 1987, está, sem dúvida nenhuma, com os seus dias contados no Chelsea.

A trajetória do Zagueiro titular da temporada 2017-2018 do Chelsea é bem interessante. Começou jogando no time do Vitória da Bahia, e foi emprestado para o Benfica de Portugal em Janeiro de 2007.  Nos seis primeiros jogos do Benfica, sequer ficou no banco.  Porém, o técnico Fernando Santos resolveu apostar no jogador, e David Luiz foi titular em todos os últimos jogos do Benfica. Tanto que o Benfica adquiriu o jogador por £450.000.

Na temporada 2010-2011, foi adquirido pelo Chelsea por £22.500.000. Na época os zagueiros do Chelsea eram: John Terry (29 anos); Branislav Ivanovic (26 anos) e Alex (28 anos). Mesmo assim, David Luiz fez 12 jogos pela Premier League, marcando dois gols. Um deles contra o Manchester United (vitória de 2×1) e outro pelo Manchester City (vitória de 2×0). Não disputou a Champions League em virtude de já ter participado na 1a. fase pelo Benfica. Veja abaixo, o (belíssimo) primeiro gol de David Luiz, na vitória contra o Manchester United.

Na temporada 2011-2012 (temporada do título da UCL), Gary Cahill foi adquirido ao Bolton por £7.560.000 o que fez com que as chances de David Luiz, como titular do Chelsea diminuíssem. Mesmo assim, dos 38 jogos pela PL jogou 20 partidas, sendo titular em 17, marcando mais 2 gols. Na UCL, nos 13 jogos que o Chelsea disputou, David Luiz foi titular em 11 deles, não disputando apenas os jogos contra o Barcelona (vitória de 1×0 e empate de 2×2); em ambas, a zaga titular foi formada por Gary Cahill e John Terry.

Com a expulsão de John Terry no segundo jogo contra o Barcelona, David Luiz virou titular na final contra o Bayern de Munique, que deu o título da UCL para o Chelsea.

Na final, no Mundial de Clubes, ficou famoso por jogar como líbero, quando o técnico era Rafa Benitez.

Na temporada 2013/2014  (com José Mourinho), perdeu completamente a titularidade, tendo jogado muito mais de primeiro volante do que de Zagueiro, o que fez com que, na temporada 2014/2015 fosse vendido para o PSG pelo incontável valor de £44.550.000, tornando, à época, o zagueiro mais caro da história.  A vontade do PSG de contar com David Luiz era editar a zaga titular do Seleção do Brasil com Thiago Silva.

Mas, a temporada de 2015/2016 foi especial para o zagueiro.

Com a chegada de Antonio Conte, inicialmente o Chelsea tentou contratar Alessio Romagnoli, do Milan.  Não conseguiu!  Tentou também contratar Kalidou Koulibaly do Napoli.  Não conseguiu!  Como o PSG estava preocupado com a saída de Marquinhos, resolveu vender David Luiz novamente para o Chelsea, por £31.500.000.

Na época, David Luiz (devido as suas atuações nada boas no passado, no Chelsea), veio bem desacreditado.  Porém, na temporada 2016-2017, que o Chelsea conseguiu seu “Sexto Caneco“, foi considerado um dos melhores zagueiros da Premier League e um dos melhores zagueiros da atualidade.

Tudo estava maravilhoso para o Chelsea e para David Luiz.  Porém, assim como ocorreu com Diego Costa, caiu totalmente em descrédito.

E o fato, foi claro, ou melhor, a gota d’água foi clara. O fatídico dia 31/10, no jogo contra a Roma, pela UCL.  Triste derrota por 3×0. No próximo jogo, clássico contra o Manchester United, o titular foi Andreas Christensen(??), sendo que D. Luiz nem sequer ficou no banco. Em seu lugar, Antonio Conte deixou o jovem Ampadu.

Nos próximos jogos, contra West Brom (vitória de 4×0), Qarabag (vitória por 4×0), Liverpool (empate em 1×1), Swansea (vitória por 1×0), Newcastle (vitória por 3×1), Atlético de Madrid (empate de 1×1), West Ham (derrota de 1×0), Huddesfield (vitória por 3×1), Southampton (vitória por 2×1) e Bournemouth (vitória por 2×1) a zaga foi composta por:

Cahill, Christensen, Azpilicueta, Rudiger e Ethan Ampadu. David Luiz só foi titular contra o Qarabag, jogo este que, o Chelsea, considerava fácil.

A informação (oficial) é a de que, David Luiz, está com uma lesão no joelho. Curiosamente, quando sequer foi relacionado para a partida contra o Liverpool.  Em seu lugar, entrou Andreas Christensen, sendo, inclusive muito bem avaliado em suas performances.

O que de fato ocorreu, no fatídico dia 25 de Novembro, contra o Liverpool ou se foi devido a péssima atuação na derrota para a Roma, por 3×0, infelizmente, não há como saber.

Mas, os tabloides da Inglaterra, como The Sun e Daily Mirror, já dão, como certa, a saída de David Luiz, tendo como interessados o Real Madrid, a Juventus e o Milan. Para o seu lugar, Antonio Conte, iniciou conversas com Leonardo Bonucci.

Porém, o que temos quase certeza é que já vimos este filme antes, com um outro brasileiro de nascença, chamado Diego Costa e, convenhamos, era muito mais importante para o Chelsea.

As palavras neste texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Category: Opinião

Tags:

Article by: Dalton Gerth

Torcedor do Chelsea desde a época em que Vialli era técnico E jogador, advogado e estudante de licenciatura em Matemática.