O alvo agora é Edin Džeko

O alvo agora é Edin Džeko

Todos nós sabemos que contratações realizadas de última hora, via de regra, não surtem o efeito esperado, quando estamos falando do Chelsea.  Principalmente se essas contratações são realizadas no verão europeu.

Porém, depois de Antonio Conte praticamente descartar Michy Batshuayi, o desespero está em contratar um centro-avante para que (ao menos tente) fazer sombra para Álvaro Morta.

Durante todo o mês de janeiro o Chelsea tentou as contratações de Andy Carroll, Petr Crouch, e outros nomes que me penitencio de citar. Porém, ao que tudo indica, além de Ross Barkley, o Chelsea irá adquirir, em um pacote, Emerson Palmieri (lateral esquerdo de origem) e ele: Edin Džeko.

Para quem lembra, Džeko teve sua melhor forma no Wolfsburg da Alemanha, isso na temporada 2008-2009, que, junto com o brasileiro Grafite (que foi o artilheiro com 28 gols), Džeko marcou 26 gols e ficou com a vice-artilharia.

Na temporada 2009-2010 foi o artilheiro máximo da Bundesliga com 22 gols e 10 assistências, tendo então, sido adquirido pelo Manchester City, por 33 milhões de libras.

Em toda sua estada no time do Manchester City, teve que disputar posição com: Adebayor, Tevez, Balotelli, Roque Santa Cruz, Carig Bellamy, Sergio Aguero, Stevan Jovetic, Álvaro Negredo e Wilfried Bony. Até que, na temporada 2015/2016, foi emprestado para a Roma por £3.60 milhões de libras.  Até que foi vendido, em definitivo, por £9.90 milhões de libras.

Pelo Wolfsburg, Džekojogou 111 jogos e fez 66 gols (média de 0.6 gol por jogo). Já pelo City, Džeko fez 130 jogos, marcando exatos 50 gols (média de 0.4 gol por jogo).

Porém, pela Roma, Džeko jogou 58 jogos marcando 39 gols.  Uma média de (0.7 gol por jogo).  Nesta temporada, disputou 28 jogos, com 13 gols e 4 assistências.

Mas existe um grande problema, e, com toda certeza, é isso que está fazendo com que a Roma não libere seu centro-avante. A Roma está nas oitavas de final da UCL e disputará com Shakhtar Donetsk. Nos seis jogos disputados pela primeira fase, Džeko fez xx gols (1 contra o Qarabag, 2contra o Chelsea, 1 assistência no último jogo contra o próprio Qarabag).

A Roma sabe que Edin Džeko é uma peça fundamental para ir longe na UCL, porém, também sabe do poderio financeiro que o Chelsea (talvez) estaria disposto para pagar.  As últimas informações é de que tudo está acordado entre Roma, Chelsea e Džeko e Emerson Palmieri.  O valor está em 50 milhões de libras.

Mas existe um enorme entrave.  A Roma só aceitará a venda de Dzeko se conseguir um substituto a altura.  Com isso, o empréstimo de Batshuayi para o Sevilla também está parado.

Lembre-se, torcedor do Chelsea, que Dzeko e Emerson, por já terem disputados partidas na UCL, não poderá mais disputá-la por outra equipe, o que significa que, contra o Barcelona, deveremos realmente confiar em Morata.

Por fim, deixo todos os gols e as assistências de Dzeko neste temporada.  Avalie se será uma boa contratação para o Chelsea.

#GoBlues

As palavras neste texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Category: Opinião

Tags:

Article by: Dalton Gerth

Torcedor do Chelsea desde a época em que Vialli era técnico E jogador, advogado e estudante de licenciatura em Matemática.