Jorginho no Chelsea: brasileiro é uma boa aposta?

Não é novidade para ninguém, mas o Chelsea tem se movimentado pouco nessa janela de transferências. Contudo, após o desligamento de Antonio Conte e o anúncio de Maurizio Sarri como seu substituto, o volante Jorginho, ex-Napoli, foi anunciado como o primeiro reforço do clube para a próxima temporada.

O atleta seria homem de confiança de Sarri e, conforme publicaram alguns jornais ingleses, tinha preferência por jogar em Londres. O fato é relevante já que o Manchester City teria feito uma investida de aproximadamente 46 milhões de libras para ficar com o brasileiro.

Pelo valor de 50 milhões de libras, os Blues fecharam negócio com o Napoli pelo jogador, que conforme já anunciado em sua apresentação em Londres, herdará a camisa 5 do Chelsea.

Estatísticas do jogador

O ex-camisa 8 do Napoli chegou ao clube italiano em 2014, tem 26 anos e atua no meio de campo. Compondo principalmente o setor defensivo, tem tido presença constante no time principal desde sua contratação. Na última temporada fez 33 partidas pela Seria A, marcando dois gols e dando quatro assistências.

Jorginho não só ajuda a impedir os avanços dos adversários como também tem uma boa visão de jogo. Chegando a atuar como meia mais avançado em algumas partidas graças a qualidade de seus passes.

Além de atuar em umas das principais ligas europeias o jogador tem rodagem internacional. Junto ao Napoli, já participou de duas edições da Champions League, e também esteve presente em vários jogos da Liga Europa.

Jorginho em atuação pelo Napoli

Jorginho no Chelsea

Com a recente mudança no comando técnico do clube, ainda é difícil definir a ‘cara’ do Chelsea na temporada 2018/2019.

O jogador poderia se encaixar no esquema 3-4-3, fazendo companhia para o onipresente Kanté. Além de boa capacidade de marcação, ajudaria o time na construção das jogadas, e fazendo a bola chegar aos jogadores mais avançados.

Jorginho é técnico e dificilmente ficaria no banco de reservas, ainda mais com o apoio de Sarri e com o valor que seria investido. Apesar disso, o Chelsea possui em seu elenco outras opções para a posição. Bakayoko e Barkley poderiam disputar a vaga de titular, além do experiente Cesc Fàbregas.

Apesar do talento, não é um daqueles nomes que vêm para ser titular incontestável. Talvez possam haver saídas que justifiquem a contratação, mas até o momento a posição ainda está bem servida.

As palavras contidas nessa reportagem condizem à opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil. 

A gente sabe que você também tem o sangue azul. Apoie o Chelsea Brasil e ajude a escrever a nossa história! Link direto para a campanha: https://goo.gl/6AAUzD.

Apoie o Chelsea Brasil

Orlando Werner