Colunas: Manter Drogba na próxima temporada é um erro

Drogba está no Chelsea pelo passado e deve ser reprovado no vestibular-azul (Foto: EPA)

Drogba está no Chelsea pelo passado e deve ser reprovado no vestibular-azul

Saudações azuis!

A partida contra o Arsenal foi boa e dava para o Chelsea ter conquistado os três pontos. Se não foi o caso, ainda sim o empate é um resultado positivo para as pretensões da equipe de José Mourinho. Não era necessário se arriscar e a postura foi correta, principalmente porque nossa ampla vantagem na classificação nos dá o luxo de poder empatar os confrontos diretos. Dificilmente os Blues perderão este título, a seis pontos de distância.

Sem Diego Costa e Loic Rémy, a opção lógica seria colocar Didier Drogba ou até a Dominic Solanke no comando do ataque. Não foi o caso e jogamos sem centroavante – os dois desfalques acabaram fazendo falta. Esta escalação inicial só nos mostra como o marfinense está em baixa e vem perdendo espaço na fila de opções. É um grande ídolo e prestou grandes serviços para o clube, mas a cada dia se mostra um jogador perto do fim.

Manter Drogba na próxima temporada é um erro. Compreendo a vontade dele em continuar jogando, só que a forma do craque está cada vez pior e Mourinho sabe disso. Didier não jogou bem em nenhuma partida de 2015 e está no clube pelo passado. Como existe o Fair Play Financeiro, não é possível mantê-lo no plantel, a não ser que haja uma redução salarial. Não podemos deixar a emoção cegar a razão e vale mais a pena dar espaço a Patrick Bamford e o já citado Solanke.

Ainda defendo o vestibular-azul após a confirmação do pentacampeonato. Mesmo conquistando duas taças, há uma sensação amarga de que poderíamos ir mais longe na FA Cup e na UEFA Champions League. As opções no banco em sua maioria não se mostraram as melhores e Mourinho com certeza sabe disso. Altera pouco o time titular de uma rodada pra outra e mexe pouco durante as partidas. É necessário saber quem está apto a continuar e onde precisamos de reforços. Quem sabe assim não teremos outra temporada boa e decepcionante ao mesmo tempo.

As palavras contidas nessa reportagem condizem à opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil

Felipe Maia