Terceiro Tempo: Estreia na Champions League e categorias de base

Chelsea terá sequência importante no calendário; categorias de base vencem no final de semana

O Chelsea inicia nesta semana uma sequência de jogos importantes e válidos por duas competições distintas. Nos três próximos embates, o clube londrino entrará em campo para dois compromissos válidos pela UEFA Champions League e um confronto pela Premier League. Os desafiantes na competição europeia serão Sevilla e, posteriormente, o Krasnodar. Por outro lado, o Chelsea viajará para Manchester e medirá forças contra no Old Trafford contra o plantel de Ole Gunnar Solskjær. Por isso, o Terceiro Tempo tematiza a UCL e as categorias de base do time londrino;.

Primeiramente, contra o Sevilla, na terça-feira (20), em Londres, pela estreia da UEFA Champions League. Posteriormente, o duelo contra o Manchester United, quatro dias depois, no Old Trafford. Por fim, o embate contra o Krasnodar, dia 28 de outubro, em território russo. Ou seja, o Chelsea protagonizará três jogos de suma importância dentro do período de nove dias.

Primeiro Tempo: O desejo de recuperação pós-empate na PL

Timo Werner abre o placar para o Chelsea. Ou seja, o primeiro gol do atacante alemão na Premier League

Timo Werner fez dois gols contra o Southampton. Ou seja, os primeiros gols do atacante alemão na Premier League. (Chelsea FC / Website)

No primeiro parágrafo, a palavra “distintas” foi utilizada. Por isso, repetirei a palavra para expor questões referentes ao último duelo do Chelsea. O time londrino viveu duas etapas distintas no empate em 3 a 3 contra o Southampton. O primeiro tempo foi muito elogiado pelo plantel, torcedores, pelos jogadores e crônica em geral. Entretanto, o segundo tempo divergiu – e muito – da etapa inicial.

Por isso, a diminuição desse processo de oscilações é necessária na competição europeia. Há um nível de dificuldade ampliado nos jogos da Champions League. Consequentemente, erros individuais, como os que foram vistos contra o Southampton, não podem aparecer no duelo de terça-feira (20).

Por fim, o Sevilla deve trazer um time com peças de qualidade ao jogo de amanhã: Fernando e Diego Carlos devem aparecer no embate. Além disso, os experientes Rakitic e Jesus Navas também podem iniciar o jogo. Ou seja, o hexacampeão da Europa League (anteriormente Copa da UEFA) quer repetir o enredo da temporada 2019/20. Na oportunidade, o Chelsea foi superado, em casa, frente ao Valencia por 1 a 0.

Por fim, uma curiosidade. O Sevilla enfrentou o Granada, fora de casa, no último duelo válido pela La Liga. O Granada CF venceu o embate por 1 a 0 e contou com a participação de um atleta emprestado pelo Chelsea. Kenedy atuou por 60 minutos no duelo de sábado (17). Por fim, o time da Andaluzia somou duas vitórias, um empate e a derrota justamente contra o Granada.

Anteriormente, o Sevilla venceu Cádiz e Levante. Além disso, o time da Andaluzia conseguiu um empate, fora de casa, contra o Barcelona.

Segundo Tempo: Um interessante ponto de vista

Frank Lampard mencionou pontos positivos e negativos no jogo contra o WBA.

Frank Lampard volta ao comando técnico do Chelsea em um jogo da Champions League. Posteriormente, Krasnodar e Rennes serão desafiantes do time de Londres (Chelsea FC / Site)

Frank Lampard concedeu uma entrevista recentemente sobre a importância da UEFA Champions League para o aprendizado dos atletas. “Os jogadores que estiveram aqui na temporada passada e eu falo sobre os jovens jogadores. Especialmente nos duelos contra o Bayern de Munique, por causa do forte adversário, foi um aprendizado para eles, […] Essa é a UEFA Champions League, é a maior competição de clubes do futebol mundial. Eles serão melhores por isso, vão querer melhorar nesse ano. Veremos o quanto eles aprenderam”, concluiu Frank Lampard.

Reece James, Mason Mount e Tammy Abraham participaram da derrota do Chelsea, frente ao Bayern de Munique, por 4 a 1. Esse foi o último embate do Chelsea na Champions, jogo válido pela fase oitavas de final da competição europeia 2019/20.

É um ponto de vista interessante não só pela vivencia dos atletas, mas pela reflexão de como foi a última temporada europeia como um todo. Vale ressaltar que o Chelsea encontrou dificuldades na estreia da temporada passada. Assim sendo, o Chelsea deseja vencer e fazer jus ao fator casa. Portanto, evitar barreiras construídas dentro de Stamford Bridge durante a primeira fase da competição. Afinal, a fase inaugural, por si só, já apresenta um nível de competitividade considerável.

Do outro lado do campo, o Sevilla vem empolgado de uma conquista recente em âmbito internacional. A vitória contra a Inter de Milão, na final da Europa League 2019/20, concedeu o sexto caneco ao plantel da Andaluzia. O clube espanhol é considerando o adversário mais complexo do Chelsea no Grupo E. Ou seja, confronto vital – para muito – logo no primeiro jogo.

Terceiro Tempo: O Chelsea é líder

Equipe de desenvolvimento do Chelsea entra em campo hoje (25) pela Premier League 2

Equipe de desenvolvimento do Chelsea entrou em campo pela Premier League 2 (Chelsea FC / Website)

Exatamente o que você acabou de ler. O Chelsea é líder da Premier League 2. A equipe de Kingsmeadow, que jogou em Cobham, venceu o Derby County por 3 a 2 e conquistou o posto mais alto da tabela de classificação no final de semana. Os gols do Chelsea foram marcados por Tino Anjorin (no minuto seguinte que entrou em campo) e Bryan Fiabema (em duas oportunidades). Em contrapartida, Stretton e Watson descontaram no marcador para o Derby County.

Anteriormente, o Chelsea acumulou três vitórias e uma derrota na competição de base. Primeiramente, o time londrino somou duas vitórias consecutivas na Premier League 2: 1 a 0 contra o West Ham e 4 a 1 contra o Southampton. Por outro lado, o primeiro revés do Chelsea ocorreu na terceira rodada. A equipe de Andy Myers foi superada pelo Brighton por 2 a 0. Em conclusão, o Chelsea venceu o clássico londrino contra o Arsenal por 3 a 0.

Por fim, confira a tabela de classificação da Premier League 2.

Sub-18

O Sub-18 também venceu. Triunfo por 5 a 2 contra o Reading, na Premier League da categoria de base. O jogo foi realizado em Cobham e significou a reabilitação do Chelsea na competição. Afinal, o time londrino tinha sido superado no duelo contra o Crystal Palace por 1 a 0. Com a vitória, o Chelsea chegou aos oito pontos da Divisão Sul, sete pontos a menos que o líder Aston Villa que está 100% de aproveitamento. Tottenham, Fulham e Crystal Palace estão na frente do Chelsea.

Os próximos jogos da base estão agendados para o dia 24 de outubro. A equipe de desenvolvimento do Chelsea enfrenta o Liverpool, fora de casa, pela Premier League 2. O duelo está previsto para às 9h (horário de Brasília). Por outro lado, o Chelsea Sub-18 mede forças contra o Norwich, no centro de treinamento de Cobham. O embate está agendado para às 8h (horário de Brasília)

João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.