Na História: Drogba marca e Chelsea vence Liverpool na Premier League 2006/07

Didier Drogba é o personagem do Na História de hoje; 16 anos do gol contra o Liverpool

No dia 17 de setembro de 2006, Didier Drogba marcava um dos gols mais icônicos de sua carreira no Chelsea Football Club. Na oportunidade, o Chelsea venceu o Liverpool por 1 a 0, em Stamford Bridge. José Mourinho era o técnico do time de Londres. Por outro lado, Rafael Benitez comandava a equipe de Anfield. Dois técnicos que conquistaram títulos com o Chelsea. Obviamente, a lista de Mourinho é mais robusta – oito títulos em Londres. Entretanto, Rafael Benitez conquistou a Europa League com o plantel londrino na temporada 2012/13.

O Na História de hoje relembra o gol de Didier Drogba, contra o Liverpool. Primeiramente, o tento do costa-marfinense completa 16 anos de idade. Por outro lado, domingo (20) é dia de Chelsea e Liverpool, jogo válido pelo mesmo campeonato e local de jogo.

Essa foi uma das vitórias de Drogba, contra o Liverpool, em jogos do Campeonato Inglês. Contra o time de Anfield, Drogba venceu sete jogos dos 13 duelos, empatou um confronto e perdeu cinco embates. Em 2006, o gol da partida foi descrito pela BBC da seguinte forma: “Em um movimento, o artilheiro costa-marfinense girou e desferiu um meio-voleio de pé esquerdo com tanta velocidade e força que deixou Jamie Carragher atordoado e Reina cravado em seu lugar”, disse o jornal. A BBC não mencionou, mas a assistência foi de Frank Lampard. Em outras palavras, de ídolo para ídolo do time de Stamford Bridge.

O contexto – Chelsea

Chelsea e Liverpool colocavam frente a frente um duelo entre campeões na temporada 2005/06. O Chelsea conquistou a Premier League 2005/06. Por outro lado, o Liverpool assegurou a Copa da Inglaterra na temporada mencionada anteriormente. Além disso, na lista de 20 times do Campeonato Inglês, Chelsea e Liverpool apresentavam plantéis jovens. O time de Stamford Bridge tinha a quinta média mais baixa de idade na competição (23,2). Enquanto o Liverpool detinha a sexta média (23,6). O time mais jovem era o Arsenal com média de 22,8. Por outro lado, o Blackburn Rovers tinha média de 26,6 anos de idade do plantel – sendo considerado a média mais alta de idade dentre os times.

O embate foi realizado na 5ª rodada da Premier League 2006/07. Nos quatro primeiros jogos, o Chelsea venceu três partidas e perdeu um duelo. O triunfo contra Manchester City, por 3 a 0, na primeira rodada foi ofuscado pelo tropeço na rodada seguinte. O Middlesbrough venceu o Chelsea na segunda rodada por 2 a 1. Posteriormente, duas vitórias consecutivas para a equipe de José Mourinho. 2 a 0 contra o Blackburn, fora de casa, e 2 a 1 contra o Charlton Athletic, em Stamford Bridge.

Após a vitória contra o Liverpool, o Chelsea ficou cinco jogos sem sofrer derrotas. Ou seja, nove jogos sem derrotas nos 10 primeiros compromissos da Premier League. A sequência positiva do Chelsea foi interrompida em White Hart Lane, em novembro de 2006, na derrota para o Tottenham Hotspur por 2 a 1.

O contexto – Liverpool

Por outro lado, o Liverpool iniciou a Premier League 2006/07 com um desempenho, no mínimo, irregular. Os Reds empataram na estreia frente ao Sheffield United em 1 a 1. Em seguida, o time de Anfield venceu duas partidas: contra Newcastle e West Ham, ambas no Campeonato Inglês. Entretanto, a derrota para o Everton, no Merseyside Derby, foi o início de semanas turbulentas: 3 a 0 para os Toffees e, posteriormente, revés por 1 a 0 para o Chelsea.

A oscilação do Liverpool continuou nas semanas seguinte. Vitória por 3 a 0 contra o Tottenham e, em seguida, derrota para o Bolton por 2 a 0. Entretanto, o final foi satisfatório ao Liverpool. A equipe encerrou a competição na terceira colocação, com 68 pontos, e classificação assegurada para a Champions League da próxima temporada. Inclusive, no segundo duelo entre as equipes na Premier League, vitória do Liverpool por 2 a 0. Foi o duelo entre o segundo e o terceiro colocados no Campeonato Inglês, entretanto, o Chelsea não foi superado pelo Liverpool após a derrota em Anfield na 24ª rodada.

Em 2006

O Manchester United foi o campeão da Premier League com 89 pontos. O Chelsea ficou na segunda colocação com 83 pontos e, posteriormente, Liverpool e Arsenal (ambos com 68 pontos) completaram o Top-4 de classificados para a UEFA Champions League. Além disso, Didier Drogba foi o artilheiro da competição com 20 gols. Dois gols a mais que Benny McCarthy, do Blackburn Rovers, e três gols a mais que Cristiano Ronaldo, do Manchester United.

Veja também: Na edição passada do Na História, o personagem foi Raul Meireles. Confira.

Principais artilheiros do Chelsea na Premier League 2006/07
  1. Didier Drogba 20 gols
  2. Frank Lampard 11 gols
  3. Salomon Kalou 7 gols
  4. Andriy Shevchenko 4 gols
  5. Michael Ballack 4 gols

Estatísticas (Drogba)

Segundo o Transfermarkt, Didier Drogba participou de 30 jogos – em toda a sua carreira – contra o Liverpool. 14 vitórias, sete empates e nove derrotas. O centroavante obteve 11 gols marcados e sete assistências. O artilheiro do Chelsea recebeu seis cartões amarelos e não foi expulso contra a equipe vermelha de Liverpool.

Champions League

10 jogos contra o Liverpool e todos como titular. Três vitórias, cinco empates e duas derrotas. 14 pontos obtidos de 30 possíveis. Ou seja, 46,66% de aproveitamento de pontos. Além de quatro gols e duas assistências do costa-marfinense.

Copa da Uefa

Dois jogos válidos pela fase oitavas de final da Copa da UEFA, em 2004. Nos dois jogos como titular, Didier Drogba integrou o Olympique de Marseille em uma vitória, um empate e dois gols marcados. Em outras palavras, um gol em cada confronto frente ao Liverpool. Consequentemente, classificação garantida aos franceses.

Didier Drogba e as conquistas com o Chelsea FC. (Darren Walsh/Chelsea FC )

Copa da Inglaterra

Dois jogos, uma vitória e uma derrota. Didier Drogba marcou dois gols contra o Liverpool, um em cada jogo. Começando pelo revés, também em 2006, cm placar final de 2 a 1 para o Liverpool. Gols de John-Arn Riise e Luis Garcia. Como mencionado, Drogba descontou para o time londrino. Por outro lado, a vitória do Chelsea aconteceu na final da Copa da Inglaterra em 2012. 2 a 1 para o time de Stamford Bridge, em atuação no estádio de Wembley. Primeiramente, Ramires abriu o placar, logo após assistência de Juan Mata. Posteriormente, Didier Drogba fez o seu com assistência de Frank Lampard.

Ficha técnica

Chelsea

Petr Cech, Khalid Boulahrouz (Paulo Ferreira 71), Ricardo Carvalho, John Terry, Ashley Cole, Michael Essien, Claude Makelele, Michael Ballack, Frank Lampard, Andriy Shevchenko (Robben 65), Didier Drogba (Kalou 90).
Técnico: José Mourinho

Substituições não realizadas: Cudicini, Mikel.
Cartão vermelho: Ballack (51).
Cartão amarelo: Boulahrouz, Drogba, Cech.
Gol: Drogba 42.

Liverpool

Reina, Finnan, Agger, Jamie Carragher, Warnock (Fábio Aurelio 54), Pennant, Steven Gerrard, Xabi Alonso, Sissoko (Zenden 67), Craig Bellamy (Crouch 78), Dirk Kuyt.
Técnico: Rafael Benitez

Substituições não realizadas: Dudek, Hyypia.
Cartões amarelos: Warnock, Sissoko.

Público: 41,882.
Árbitro: Mike Riley

João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.