Especial: Chelsea conta com bom retrospecto em partidas do Boxing Day

Hazard foi o autor do gol da vitória do Chelsea no último Boxing Day (Foto: Getty)
Hazard foi o autor do gol da vitória do Chelsea no último Boxing Day (Foto: Getty)

O Boxing Day é um feriado tradicionalmente comemorado um dia após o Natal, principalmente nos países localizados no Reino Unido. Esta data, nestes países, representa o dia em que comerciantes recebem presentes de seus chefes. O nome, traduzido para a língua portuguesa, significa ”Caixa de Natal”. No futebol, o Boxing Day também tem sua representação: o dia 26/12 também é um tanto quanto famoso dentro das quatro linhas, em especial na Inglaterra, por ser um dia movimentado futebolisticamente.

Assim como as populações em geral, os torcedores do Chelsea também têm boas lembranças no Boxing Day, ainda mais se tratando dos jogos que ocorreram nas últimas dez edições de Barclays Premier League. Foram cinco vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. Dentre todos esses jogos, três podem ter um gosto especial à torcida blue, são os jogos contra os rivais de Londres Arsenal e Fulham – este, adversário duas vezes.

Desde 2004, a única derrota do Chelsea em jogos de Boxing Day foi para o Arsenal, no Emirates Stadium, em partida realizada no ano de 2010. O time de Wenger, na ocasião, aplicou três a um nos Blues, com direito à três gols em sete minutos, marcados por Fàbregas, Song e Walcott. Ivanovic até marcou o dele, mas não restava tempo para uma reação dos azuis de Londres e assim, o Arsenal é, em 10 anos, o único algoz do Chelsea nos jogos do dia sucessivo ao Natal.

No Boxing Day de 2013, o Chelsea, assim como em outras quatro oportunidades, saiu vitorioso. No Stamford Bridge, o gol marcado por Hazard – ou contra de Taylor, que desviou antes da bola entrar – deu a vitória aos Blues pelo placar mínimo. Com o triunfo, os comandados de José Mourinho, que vinham de um empate sem gols no Emirates Stadium com o até então líder Arsenal, se mantinham nas primeiras colocações brigando pelo quinto título inglês do clube. Em 2o12, o resultado do Chelsea foi o mesmo: outra vitória. Desta vez em cima do Norwich City, fora de casa. O gol da vitória foi marcado por Juan Mata, em uma bela finalização de fora da área.

O Fulham, rival histórico do Chelsea, foi o adversário dos blues em duas ocasiões nos últimos dez anos de partidas do Boxing Day. Felizmente, o time de Stamford Bridge não saiu derrotado em nenhuma das ocasiões, o saldo é um empate por um a um em 2011 no Stamford Bridge, e uma vitória por três a dois em 2005, também realizada na casa do Chelsea. Há nove anos, Gallas e Lampard trataram de colocar o Chelsea na frente ainda no primeiro tempo, mas, antes do fim do mesmo, McBride descontou. Na etapa complementar, Crespo balançou as redes do Fulham e decretou a vitória dos blues.

Em 2007, Chelsea e Aston Villa protagonizaram um jogo histórico no Boxing Day, talvez o de mais destaque dos blues no dia 26/12. Um senhor quatro a quatro no Stamford Bridge deliciou os torcedores que acompanharam este embate um tanto quanto movimentado. Além dos gols, o jogo foi marcado pelas viradas: o Aston Villa, mesmo fora de casa, saiu vencendo por dois a zero, com dois gols de Maloney – o segundo, inclusive, em uma grande falha de Cech -, logo o Chelsea reagiu e tomou a frente do placar, com dois gols de Schevchenko e um do brasileiro Alex. Minutos depois, Laursen tratou de deixar tudo igual novamente.

Assim, o Chelsea foi obrigado a correr atrás do resultado, e conseguiu o gol aos 88 minutos, com Ballack cobrando falta. No entanto, o Aston Villa não desistiu e deu igualdade ao placar em um lance polêmico: aos 92 minutos, em bola cruzada na área, Ashley Cole teria posto a mão na bola, o árbitro marcou pênalti e Barry empatou.

Nas outras quatro oportunidades, o Chelsea teve pela frente o West Brom em 2008 e conseguiu a vitória por dois a zero em Stamford Bridge; o Aston Villa em 2004, quando conseguiu o triunfo pelo placar mínimo; o Reading em 2006, em empate por dois a dois fora de casa; e por último, o Birmingham City em 2009, partida em que também saiu com um empate, desta vez, sem gols.

Em 2014, o adversário do Chelsea será novamente um rival londrino, como foi em outras três ocasiões. Na sexta-feira (26), o West Ham, dono de uma boa campanha até agora, vai ao Stamford Bridge enfrentar o líder da competição, franco favorito na partida. A partida terá cobertura completa do Chelsea Brasil

Category: Conteúdos Especiais

Tags:

Article by: Victor Castro