Conheça o Qarabag, o novato no ‘grupo da morte’ da Champions League

O Chelsea terá pela frente, na Liga dos Campeões, um grupo difícil para testar o time de Antonio Conte. Dividindo o favoritismo com Atlético de Madrid e Roma, os Blues não devem ter vida fácil pela frente. Porém, uma quarta equipe fecha a chave, até então cotada como o azarão do torneio. É o Qarabağ Futbol Klubu, do Azerbaijão. Aliás, é o primeiro clube a representar o País na fase de grupos da Champions League.

Elenco do Qarabag que conseguiu a histórica vaga na Champions League (Foto: Getty Images)

Fazendo História

Curioso é que, há pouco menos de três anos, o time já ficou muito próximo de conseguir a façanha de ser o primeiro clube azerbaijano a disputar uma fase decisiva de uma competição da Uefa. Em dezembro de 2014, pela Liga Europa, o Qarabag precisava vencer a Inter de Milão para avançar às oitavas de final do torneio. E venceu. Porém, o gol marcado pelo Richard aos 48 do segundo tempo foi mal anulado. Com isso, foram eliminados.

Fundado em 1951, o Qarabağ Futbol Klubu é o 140º clube a alcançar a fase de grupos da Uefa Champions League. Além disso, faz do Azerbaijão o 33º país a disputar o torneio. Para chegar onde está, os azerbaijanos eliminaram o Samtredia (Georgia), o Sheriff (Moldávia) e, por último, o conhecido Copenhague (Dinamarca).

Conquistas

Antes de alcançar o feito histórico, o Qarabag já havia chegado às fases preliminares da Uefa Champions League em quatro ocasiões.  As conquistas nacionais do clube são cinco Premyer Liqasi (Campeonato do Azerbaijão), seis Taças do Azerbaijão e uma Supertaça do Azerbaijão. Fora de seu território, o máximo que o time conseguiu em uma competição europeia (até então) foi uma vitória sobre o Maccabi Haifa, de Israel, na extinta Copa Intertoto, em 1999.

Dez anos depois, no entanto, voltaram a ser destaque na Europa ao vencer por 1 x 0 o Rosenborg, da Noruega, na fase de grupos da Liga Europa. Agora, desta vez, o desafio é ainda maior. Atuar numa Champions League é até impensável para um modesto time que jamais viu seu País emplacar grandes conquistas no futebol.

Comemoração do Qarabag em jogo contra o Tottenham, em 2015 (Foto: Getty Images)

Zebra no grupo da morte?

Grupos da Morte são sempre considerados os mais difíceis de um torneio. Normalmente, nele, três brigam por duas vagas e um fica de sobra. Porém, após a Copa do Mundo de 2014, quando a Costa Rica surpreendeu a todos e liderou um grupo com Itália, Uruguai e Inglaterra, todos ficam de olho num ‘azarão’ que esteja fazendo parte da chave.

O principal responsável por fazer isso acontecer vai ser o meia espanhol Michel, de 31 anos. Com passagens por Sport Gijón, Birmingham City e Getafe, ele é o jogador com mais rodagem e experiência internacional no time. Por ter disputado os campeonatos espanhol e inglês, ele é quem dá esperanças para a torcida de que o Qarabag pode fazer a diferença.

O que esperar do Qarabag

Para o Chelsea, não é preciso temer. Mas, como qualquer time no mundo, é preciso ter humildade para enfrentar adversários de menor expressão. É muito pouco provável que o Qarabag dê trabalho para qualquer um dos três componentes do grupo C.

Com pouca expressão e jogadores sem rodagem no futebol internacional, os azerbaijanos devem utilizar da defesa como principal arma. Porém, a maior conquista já foi realizada: a história na maior competição de clubes do mundo.

Category: Conteúdos Especiais

Tags: