José Mourinho: “Estávamos muito melhor do que o Galatasaray”

Drogba, John Terry, Petr Cech e Frank Lampard se reencontram em Stamford Bridge (Foto: Chelsea FC)

Drogba, John Terry, Petr Cech e Frank Lampard se reencontram em Stamford Bridge (Foto: Chelsea FC)

A vitória em casa sobre o Galatasaray não poderia ser vista por  José Mourinho de outra forma se não satistatória. Colocando firmemente a decepção do jogo  contra o Aston Villa para trás, os blues não tiveram perigo algum contra o Galatasaray em Stamford Bridge. Os gols vieram em bons momentos, com Samuel Eto’o e Gary Cahill marcando e Oscar dando passes importantes.

Em sua coletiva pós-jogo, Mourinho falou sobre o bom desempenho do time:

Foi um desempenho muito bom, muito sólido, muito compacto, sem medos e uma abordagem muito boa para o jogo”, disse Mourinho. “Mesmo se você está ganhando por 2-0 é difícil, porque se eles marcam um gol você fica no limite. A equipe foi muito sólida e confiante e ficou constantemente no controle por 90 minutos, o que é difícil de se fazer. Tivemos as melhores chances de marcar. Provavelmente o resultado poderia ter sido muito maior, porque estávamos muito melhor do que o Galatasaray.”

Didier Drogba, que voltou a Stamford Bridge pelo lado adversário, estava limitado segundo Mourinho, que não acredita que a ocasião e a recepção dos fãs deram lhe poder em sua performance:

“A coisa mais difícil foi a forma como a sua equipe jogou”, disse ele. “Para cada atacante do mundo, se sua equipe não produz um futebol ofensivo, você se sente um homem solitário. Assim, ele não poderia fazer muito e Gary Cahill e John Terry fizeram uma performance fantástica contra dois bons atacantes (Drogba e Burak Ylmaz). Nós controlamos o jogo tão bem que nós não vimos Drogba em posições perigosas.”

Com Arsenal e Manchester City fora da Champions League, o Chelsea por enquanto se garante como o único time Inglês nas quartas de final, sendo nesta quarta-feira a partida do Manchester United contra o Olympiacos. Mourinho falou sobre o assunto:

“Eu continuo dizendo a mesma coisa, eu acredito que o  Man. United está vivo na competição,  eles podem fazer isso (ganhar a partida), e eu espero que eles façam amanhã (hoje). Todos os grandes candidatos a vencer a competição estão no sorteio, e eu dou boas vindas à qualquer um deles. Vai ser bom para a nossa evolução como equipe, e esperamos o sorteio, não importa quem seja.”

Comandando o Galatasaray, Roberto Mancini concordou com José Mourinho sobre a partida de Drogba:

“Ele não teve quaisquer chances de marcar e quando você não tem chances, é difícil. Isso foi difícil e depois que sofremos o gol cedo era mais difícil, mas isso não muda o fato de que jogamos muito mal e não merecíamos nada porque Chelsea jogou melhor do que nós.”

Julia Lourenço