Embalada, Costa Rica enfrenta Grécia pelas quartas de final

Arena Pernambuco será palco do jogo (Foto: Trivela)

A Costa Rica fez história depois de eliminar duas campeãs mundiais – Itália e Inglaterra – e deixar o Uruguai, bicampeão mundial, como segundo colocado do grupo D da Copa do Mundo. Com duas vitórias e um empate, a seleção costarriquenha segue confiante para o jogo que será realizado no domingo, às 17h, na Arena Pernambuco.

Agora os latino-americanos estão nas oitavas de final e enfrentam a Grécia, que se classificou para o mata-mata após uma campanha instável na primeira fase. A seleção europeia perdeu para a Colômbia, empatou sem gols com o Japão e venceu a seleção da Costa do Marfim, com um gol aos 47 minutos do segundo tempo.

Duas armas podem ser o trunfo da Costa Rica no embate: o seu sistema defensivo e o atacante Joel Campbell. Com apenas um gol em três jogos, os americanos conquistaram o prêmio de melhor defesa do Mundial na primeira fase, deixando para trás seleções com defensores renomados como a alemã e a holandesa. Já Campbell, que é atleta do Arsenal, estava emprestado ao Olympiacos, clube grego, até a temporada passada. E pode servir como um “espião” para o técnico Jorge Luis Pinto.

“Não sofremos muitos gols realmente e isto começa com um grande goleiro, além de iniciarmos a marcação logo no ataque, o que é muito importante”, palavras de Roy Miller, após a classificação da Costa Rica.

A Grécia vai contar com Katsouranis para o jogo de domingo. O atleta que cumpriu suspensão contra a Costa do Marfim após ser expulso no embate contra o Japão, reforça o elenco grego de Fernando Santos. A equipe conta com jogadores experientes e que jogam em clubes renomados da Europa, como o atacante Samaras, atleta do Celtic (ESC), e responsável pelo gol da classificação.

“Nós temos uma relação muito boa com o Campbell. É um amigo e uma pessoa muito especial. É um jogador de muitas qualidades. Uma grande referência para a seleção da Costa Rica. Ele é rápido, tem ótima visão de jogo e sabe se colocar muito bem na área, além de ser um grande definidor de jogadas. Precisamos estar muito atentos para não dar espaços para ele”, afirmou o zagueiro Manolas, que atua no Olympiacos e já jogou ao lado de Campbell.

Entrevistas Pré-Jogo

Não há limites para a Costa Rica, disse Jorge Luis Pinto (Foto: Veja)

Não há limites para a Costa Rica, disse Jorge Luis Pinto (Foto: Veja)

Jorge Luis Pinto, técnico da Costa Rica: “Não temos um limite fixo. Não posso dizer até onde vamos, mas estamos conscientes de que queremos chegar bem longe. Chegamos com o sobrenome de zebra, surpreendemos o mundo, mas confiávamos que poderíamos fazer as coisas bem feitas”.

“Não somos favoritos. Vamos enfrentar uma grande seleção. É uma seleção que sabe defender bem, que tem contra-ataque. São jogadores experientes, que jogaram na Europa. O que eles fizeram contra a Colômbia, Costa do Marfim e Japão mostra um time agressivo, que sabe se defender e de bom nível técnico”, concluiu o treinador

(Foto: globoesporte.com)

A Grécia está com os pés no chão (Foto: globoesporte.com)

Fernando Santos, técnico da Grécia: “Fiquei muito feliz com a classificação. Aconteceu como viemos trabalhando para acontecer. Não posso dizer que fiquei surpreso porque esperávamos que isso acontecesse um dia. Quando nos convencemos que podemos jogar futebol, podemos jogar com qualquer equipe, seja o Brasil ou Barcelona. Somos a Grécia”

“Os jogadores estão muito contentes. Foi um dia de festa, mas já disse a eles que acabou e agora é colocar os pés no chão e trabalhar muito para continuarmos fazendo história. Vamos ter um jogo muito difícil contra a Costa Rica e é preciso nos acalmar e colocar as coisas em ordem”, disse o técnico português.

Ficha Técnica

COSTA RICA X GRÉCIA

Costa Rica: Navas; Umaña, González e Duarte; Gamboa, Yeltsin Tejeda, Borges e Junior Diaz; Bryan Ruiz, Campbell e Bolaños.

Técnico: Jorge Luis Pinto

Grécia: Karnesis, Torosidis, Manolas, Sokratis, Holebas, Maniates, Katsouranis, Kone, Samaras, Gekas e Mitroglou.

Técnico: Fernando Santos

Local: Arena Pernambuco, Recife (PE).

Data/Horário: 29 de Junho de 2014, às 17h.

Árbitro: Benjamin Willians (AUS)

Auxiliares: Matthew Cream (AUS) e Hakam Anaz (AUS)

Transmissão: Band, Globo, Band Sports, ESPN Brasil, Fox Sports e SporTV.

Durante toda a Copa do Mundo, o Chelsea Brasil fará a cobertura do torneio, informando, com o já conhecido empenho, o dia-a-dia dos jogadores dos Blues

João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.