Costa Rica se classifica nas penalidades contra a Grécia

Ruiz leva a Costa Rica ao primeiro gol do jogo

Ruiz anotou o único gol da Costa Rica no tempo normal

A Costa Rica conseguiu se classificar pela primeira vez na história para as quartas-de-final da Copa do Mundo ante a Grécia neste domingo (29), depois de um domínio dos gregos na partida. Agora, a seleção líder do Grupo D – com Inglaterra, Itália e Uruguai caindo – e que derrotou a Grécia nas penalidades, enfrenta a Holanda na próxima fase.

Primeiro-tempo tem uma Grécia levando sustos aos costarriquenhos

A bola rolou às 17h em ponto com a Grécia criando as oportunidades mais perigosas ao tentar recuperar a bola dos costarriquenhos no meio de campo e fazer passagens  para o ataque. A Costa Rica, no entanto, se defendia e pelas laterais gregas tentava infiltrações, levando sustos com Ruiz e Campbell.

A Grécia optava pelas bolas longas, e em uma dessas oportunidades surgiu com Lazaros recebendo passe perto da entrada da caixa e chutando para fora. Samaras também levava perigo criando chances ao entrar pelo meio e fazendo função de #9 no topo do ataque.  A Costa Rica tentava se recuperar com Campbell tocando pra Bolaños, infiltrado na zaga grega, que não conseguia acompanhar os lançamentos. O jogo começava a se rechear de laterais e escanteios, mas sem  muito perigo para ambas equipes, que se mantinham em boas posições.

Aos 35 minutos o meio-campista grego, Samaris, fez falta em Campbell e os costarriquenhos viram a oportunidade de sair na frente ser cancelada após Sokratis tirar de dentro a bola área, e a Grécia sair em contra golpe perigoso com Salpingidis aparecendo e batendo a bola dentro da pequena área, que bateu no goleiro americano para marcar outro escanteio. Karagounis bate, mas Gonzalez tira. Nos 15 minutos finais, a Grécia avançava e a Costa Rica se defendia.

Costa Rica marca, mas vê Grécia desencantar

Sokratis vira pra Grécia (Foto: SFgate)

Sokratis vira pra Grécia (Foto: SFgate)

No reinício da partida, os gregos conseguiram uma falta marcada novamente no primeiro minuto, e com perigo Samaras cabeceou para as mãos do goleiro Navas. Em saída errada, os gregos se comprometem ao ver Campbell tocar bola para Bolaños, que cruzou para Ruiz desmarcado, e enfiou a bola nas redes europeias aos 52 do segundo tempo, levando a Costa Rica a frente do placar.

A Grécia apagada, viu a possibilidade de virar o jogo aos 21 do segundo tempo, quando o costarriquenho Duarte foi expulso por dar carrinho em Cholevas. Costa Rica fica com 10, mas não sofreu risco na cobrança de falta.

Consequentemente, os gregos voltaram a pressionar e aos 46 minutos do segundo-tempo marcaram seu gol. Com um rebote do goleiro Navas após Genkas bater e ver a defesa, o zagueiro Sokratis dentro da área aproveitou a sobra e deixou o tento histórico que levou a partida para a prorrogação.

Visivelmente cansados, os costarriquenhos tinham mais 30 minutos para tentar criar as chances canceladas pelos gregos durante o tempo normal. Os europeus, embora predominantes, não conseguiam aproveitar da desvantagem numérica de jogadores do adversário para criar jogadas precisas. Os primeiros 15 minutos se manteve sem muitas emoções.

A segunda etapa começou tensa pela ansiedade de ambas as equipes,  mas eram os europeus que voltavam a dominar. Em contra-ataque, Lazaros leva a bola com perigo e Navas salva os costarriquenhos. Sem ter para onde fugir, ambas as equipes foram para as penalidades.

Quem começou a levar a melhor foi a Costa Rica com Celso Borges, Bryan Ruiz, González, Campbell anotando. Os gregos conseguiam empatar com Mitroglou, Christodoulopoulos e Cholevas, mas Genkas, na penúltima cobrança, viu Navas defender. Para finalizar, Umanã conseguiu por a bola dentro das redes, eliminando a Grécia e concretizando a classificação da Costa Rica para sua primeira quarta-de-final na Copa do Mundo.

COSTA RICA 1 (5) X (3) 1 GRÉCIA

Local: Arena Pernambuco, Recife (PE).
Data: 
29/06/2014
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Benjamin WILLIAMS (AUS)
Assistentes: Matthew Cream (AUS) e Hakam Anaz (AUS)
Cartões amarelos: 
Duarte, Tejeda, Granados, Ruiz, Navas (MEX) e Samaris, Manolas (GRE)
Cartões vermelhos: Duarte (MEX)

Gols:
Costa Rica: 
Ruiz aos 52 do segundo tempo; Celso Borges, Bryan Ruiz, González, Campbell e Umaña nas penalidades
Grécia: Sokratis aos 90+1 do segundo tempo; Mitroglou, Christodoulopoulos e Cholevas nas penalidades

COSTA RICA: Navas, Gamboa (Acosta 77), Duarte, Gonzalez, Umana, Diaz, Ruiz, Borges, Tejeda (Cubero 66), Bolanos (Brenes 83), Campbell.
Técnico: Jorge Luis Pinto

GRÉCIA: Karnezis, Torosidis, Manolas, Papastathopoulos, Holebas, Karagounis, Salpingidis (Gekas 69), Maniatis (Katsouranis 78), Christodoulopoulos, Samaris (Mitroglou 58), Samaras.
Técnico: Fernando Santos

Durante toda a Copa do Mundo, o Chelsea Brasil fará a cobertura do torneio, informando, com o já conhecido empenho, o dia-a-dia dos jogadores dos Blues.

Julia Lourenço