“Claro que é desapontante estar perdendo por 2 a 0, mas quero enfatizar a reação do time e que isso será bom para o resto da temporada”, afirma Hiddink

(Foto: Chelsea FC)

Hiddink elogiou o espírito do Chelsea neste sábado (Foto: Chelsea FC)

Guus Hiddink louvou o espírito de seu time após se recuperar de um déficit de 2 a 0, levar o 3 a 2 e terminar empatando o jogo contra o Everton, na tarde deste sábado (16), pela Premier League.

Leia Mais: “Em jogo emocionante, Chelsea e Everton empatam por 3 a 3”

Diego Costa – que se machucou perto do fim do jogo -, e Cesc Fàbregas marcaram dois dos três gols do Chelsea no espaço de dois minutos para nos colocar de volta no jogo após o Everton abrir 2 a 0 pouco depois do intervalo. John Terry garantiu que o time de Stamford Bridge ganharia um pouco e estenderia a sequência de jogos sem perder para sete, aos 90+8 minutos, após Ramiro Funes Mori quase ter dado a vitória para os visitantes no minuto 90.

“Estou feliz com o espírito, ambição e atitude”, disse Hiddink. “O primeiro foi equilibrado, muito tático, mas na segunda etapa, as coisas aceleraram. Concedemos dois gols e, jogando contra o Everton, que é um bom e moderno time, você sofre. Estar perdendo por 2 a 0 foi um baque tremendo”, completou.

“Estive feliz com a atitude de fazer o 2 a 2. Tivemos outra decepção ao fim do jogo, o 3 a 2, que nos tornou algo mais difícil, mas conseguimos um gol no último minuto. Claro que não estou contente com os gols sofridos, mas estou com a atitude e ambição do time pois, ao menos, empatamos.”

O holandês falou sobre a lesão de Diego Costa: “Ele está no hospital e eles farão uma checagem. Não sabemos dos resultados ainda, mas espero que não seja tão ruim. Espero que Diego saia saudável do hospital, ele esteve com bastante dor.”

Após o gol polêmico, Hiddink disse que os acréscimos estavam corretos, mas admitiu que Terry poderia estar impedido na hora do gol: “Às vezes as coisas ocorrem a seu favor na temporada, mas temos que ser justos. Por que eu negaria? Oscar tocou na bola e John esteve impedido, mas marcou um belo gol. Estivemos no último minuto, mas eles celebraram o terceiro gol por um minuto, então pedimos para o quarto juiz adicionar mais um minuto de jogo, e ele fez isso.”

O treinador foi perguntado se se sentiu frustrado de só ver seus jogadores atuarem no seu melhor após estar com dois gols a menos: “É frustrante porque queremos dominar e controlar jogos, mas o Everton é um dos times mais inteligentes da Premier League e, do jeito que jogam, é muito difícil. Claro que é desapontante estar perdendo por 2 a 0, mas, novamente, quero enfatizar a reação do time e que isso será bom para o resto da temporada.”

Luis Felipe Zaguini

Doente pelo Chelsea.