Pedro e Willian se despedem com bons números coletivos e individuais

Foram mais de 100 gols em mais e 500 jogos, somando as duas carreiras

A temporada 2019/2020 foi a última de Pedro e Willian no Chelsea. Os atletas encerraram seus ciclos no Stamford Bridge com o vice na FA Cup, mas ao longo dos anos construíram carreiras vitoriosas vestindo azul. Pedro chegou ao Chelsea vindo do campeão Barcelona em 20 de agosto de 2015. Willian, dois anos anos antes do companheiro.

De pronto o meio-campo espanhol desembarcou em Londres trazendo no currículo cinco títulos do Campeonato Espanhol, três Copas da Espanha, quatro Supercopas da Espanha, três Liga dos Campeões, três Supercopas da UEFA e dois Mundiais de Clube. Pela Seleção Nacional foram duas conquistas: a Copa do Mundo de 2010 e a Eurocopa de 2012.

Ex-rival que fez história em Londres

Apesar da forte identificação com um dos maiores rivais europeus dos Blues, o currículo de Pedro o credenciou como peça importante no novo clube. Logo na estreia – fora de casa contra o West Bromwich pela Premier League – o espanhol marcou um gol e contribuiu com uma assistência a Diego Costa. Ou seja, demonstrou que poderia somar e muito ao plantel.

Pedro campeão

Espanhol e sua marca registrada de celebrar títulos (Foto: Getty Images)

Pedro nunca foi um jogador de habilidade. Era daqueles “destaques anônimos”. Em síntese é a peça fundamental de qualquer plantel, contribuindo com passes e gols quando necessário. Assim foi sua carreira nos Blues: entrava como 12º homem, ajudava ofensivamente e assim contribuiu com três troféus.

Foi campeão inglês em 2016/2017, no ano seguinte esteve presente na Copa da Inglaterra e foi peça crucial na Liga Europa de 2018/2019. Esse foi seu último troféu com o Chelsea. Foram 260 jogos e 43 gols em cinco anos em Londres. Por fim, Pedro foi um amuleto aos treinadores com quem trabalhou em Londres. Em 39 vezes que ele marcou, o Chelsea venceu 37 e empatou em duas ocasiões. Infelizmente a despedida do espanhol, hoje com 33 anos, foi marcada pela lesão e derrota na FA Cup.

Os números do camisa 10 Willian

Willian Getty

Brasileiro conquistou duas PL no Chelsea (Foto: Darren Walsh/Getty Images)

Assim como Pedro, Willian também trocou de clube. Enquanto o espanhol vai a Roma, o ex-camisa 10 blue vestirá a cor de um rival londrino. Nada que apague sua contribuição à história recente do maior de Londres. Willian assinou com o Chelsea no ano de 2013 e estreou contra o Basel na Champions League. Contudo, os Blues perderam por 2×1.

O brasileiro atuou em 339 jogos e marcou 63 gols. O ex-camisa 10 tem duas marcas impressionantes pelo clube. De sete pênaltis cobrados, marcou gol em todas. Por outro lado, é o único blue a balançar as redes em todos os meses do ano, feito obtido na última temporada.

Esteve presente na conquista de dois Campeonatos Inglês (2015 e 2017), uma Copa da Inglaterra (2018), uma Copa da Liga (2015) e na Liga Europa de 2019. Individualmente Willian foi eleito Melhor Jogador do Chelsea na temporada de 2016 e o Atleta do Ano por seus companheiros nos anos de 2016 e 2018. Também foi autor do Gol do Ano na temporada 2017/2018. Aos 32, agora representa o rival Arsenal.

Maria Akemi

Pernambaiana, torcedora do Chelsea desde muito tempo.