Morata, Lukaku ou Diego? Especulação, realidade ou pesadelo?

A bomba “Diego Costa” estourou na última quarta-feira. Após o amistoso (2 a 2) entre Espanha e Colômbia, o atacante soltou o verbo e revelou que “Conte não conta com ele”, por mais que nome e verbo pareçam pertencer à mesma família nesta frase. Ao mesmo passo, surgem as especulações em torno de Lukaku e Morata, e a imprensa inglesa crava o primeiro como grande possibilidade, custando algo em torno de 115 milhões de euros. Já o reserva do Real Madrid (autor do último gol do referido duelo internacional) pode rumar para o Manchester United, que deverá abrir os cofres com 60 milhões de euros, também segundo os jornais britânicos. Fato é que, caso se concretize a saída do camisa 19, não haverá outro caminho para os Blues que não seja a ida ao mercado.

Na comparação entre os especulados para chegar e sair, o jogador do Everton leva vantagem, quando o assunto é estatística recente. Em 39 jogos, o titular Lukaku anotou 26 gols em 2016/2017, de acordo com dados de “ogol.com.br”. Morata, mais suplente do que dono da posição no campeão europeu e espanhol, marcou 20 em 43 partidas na mesma temporada. Curiosamente, ambos têm 24 anos, sendo o belga sete meses mais novo. Diego, de 28, por sua vez, balançou as redes em 22 oportunidades, estando em campo em 42 confrontos.

A partir daí, ficam duas perguntas para o torcedor azul:
1ª) Quem é o melhor dos três?
2ª) Se tiver que escolher entre uma dessas possíveis novidades, confirmando-se a perda do atual centroavante, qual seria a melhor opção? Deixando claro que, no entendimento deste que escreve, neste caso, o ideal seria trazer alguém com mais “pedigree”. Porém, o espanhol, além de “mais econômico”, inspira (contrariando os números) maior entusiasmo do que o ex-Chelsea.

As palavras neste texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Comentários

Category: Chelsea Football ClubOpinião

Tags: