John Terry confirma que não renovará com o Chelsea: “É meu último ano e quero sair por cima”

John Terry deixará o Chelsea no fim da temporada após o clube decidir que não renovará o contrato do atual capitão. Em conjunto, ele falou que não assinará por outro clube da Premier League, diferentemente de Petr Cech e Frank Lampard. Porém, pretende continuar sua carreira em outro lugar.

O popular capitão dos Blues disse ao jornal britânico Daily Mail após a vitória por 5 a 1 sobre o MK Dons, pela FA Cup, na tarde deste domingo (31):

“Para ser honesto, esta é a minha última campanha na FA Cup, então quero fazê-la valer a pena. É uma grande temporada para mim e eu quero fazer o melhor possível – não só aqui, mas também na Premier League. Eu já sabia que não teria meu contrato renovado mesmo antes de jogar contra o Arsenal, então já havia aceitado. Temos que seguir com a vida.

Eles (diretoria) disseram que, quando o novo técnico vier [no fim da temporada] as coisas podem mudar. De momento, é não. Infelizmente, é um não. Não vai ser um fim de conto de fadas, não vou me aposentar no Chelsea. Vai ser em outro lugarMas como eu disse, sabia disso desde antes do jogo contra o Arsenal e meu desempenho não será alterado – o modo em que treino, o que eu faço pelo clube. Quero dar tudo e terminar por cima, 100 por cento com o time“, completou.

Em seus planos no Chelsea, o zagueiro disse:

“Falamos sobre meu legado e sobre voltar no clube quando eu me retirar. A coisa mais importante para agora é focar na Liga. Não achei que estava jogando bem nos primeiros jogos da temporada, assim como todos no time, e os jogos mostraram isso. Desde então, todos querem voltar para o lugar certo. Tudo que posso fazer é baixar a cabeça e focar porque será o último ano no clube.”

Terry falou também sobre o futuro substituto:

“O clube continuará. Nenhum jogador é maior que um clube. Eu amaria ficar, mas o time está movendo em uma direção diferente. Não tenho dúvidas que eles contratarão outros grandes zagueiros. Quero voltar para cá como torcedor, junto com meus filhos, e ver o time jogar bem. Infelizmente não será comigo, mas quero que o time seja bem sucedido. É meu último ano e quero sair por cima.”

Luis Felipe Zaguini

Doente pelo Chelsea.