Emerson Thome, o primeiro brasileiro da história do Chelsea

 ‘Chelsea 2 Bournemouth 0‘ – CFCOfficial via Flickr (CC BY-SA 2.0)

Estávamos na virada do milênio quando o primeiro brasileiro chegou em Londres para representar o Chelsea. Longe de toda atenção recebida por compatriotas como David Luiz ou Willian, hoje no plantel, Emerson Thomé foi o primeiro “canarinho” a vestir a camisa dos “Blues”.

Quando ele chegou ao Stamford Bridge, a realidade era bem diferente da atual. Em palavras, Roman Abrahomvic ainda não tinha investido muitos milhões de euros no clube londrino, permitindo o salto qualitativo e a conquista do status que hoje se lhe reconhece. O Chelsea está agora entre os maiores candidatos ao título inglês, como demonstram as odds para os jogos dos “Blues” que podem ser encontradas em sites como https://www.betfair.com/br. Agora sob as ordens de Maurizio Sarri, o Chelsea tem estado a bom nível tanto na Premier League quanto na Liga Europa, entusiasmando sua torcida após uma época sinceramente abaixo das expectativas.

Zagueiro natural de Porto Alegre, Emerson Thome gozava da alcunha de “Paredão” e abandonou o Internacional muito cedo, com apenas um jogo no profissional devido a uma lesão que o deixou longe dos gramados por quatro meses, rumando ao futebol português. Representou a Acadêmica, o Tirsense, o gigante Benfica e ainda passou por um período de cedência no Alverca, se transferindo posteriormente para o futebol inglês.

Ao chegar a “Terras de Sua Majestade”, Emerson Thome representou o Sheffield Wednesday durante duas temporadas, se beneficiando de uma ótima campanha na FA Cup para poder “dar o salto” para o Chelsea, se convertendo no primeiro brasileiro da história a representar o clube, entre 1999/2000. Sem que conseguisse se firmar como titular, participou apenas de 21 jogos e decidiu abandonar o clube, representando ainda Sunderland, Bolton Wanderers, Wigan Athletic e Derby County, isso antes de rumar ao Japão para atuar pelo Vissel Kobe e se aposentar.

                                                           Fonte: Max Pixel

Abordagem de Mourinho

Em uma entrevista recente à http://www.espn.com.br/, Emerson Thome recordou uma história bem curiosa, na sequência daquele que foi provavelmente o seu melhor jogo durante a sua curta passagem pelo Chelsea.

Barcelona e Chelsea se enfrentaram nas quartas da Liga dos Campeões 1999/2000 e uma vez que o titular Frank Leboeuf se encontrava lesionado, coube a “Paredão” assumir a titularidade no eixo junto a Marcel Desailly. O jogo correu bem para os britânicos que derrotaram o Barcelona de Rivaldo, Kluivert e Figo por 3-1.

Antes do início da partida da volta, no Camp Nou, se verificou uma situação curiosa. José Mourinho, técnico português que anos mais tarde chegaria ao Chelsea e construiria a história que se conhece, integrava a equipe técnica comandada por Louis van Gaal. O “luso” interpelou Emerson para saber se jogaria ou não, e tal como na partida da ida, o brasileiro questionou o porquê da abordagem, ao que Mourinho teria respondido: “Temos dois sistema, um caso você jogue, outro caso não jogue”. A verdade é que Emerson Thome não foi a jogo, Leboeuf assumiu a titularidade e o Barça conseguiu mesmo dar a volta à eliminatória ao vencer por 5-1 na prorrogação com dois gols do inevitável Rivaldo.

Segue ligado ao futebol britânico

Após colocar um ponto final em seu percurso de jogador (2007), Emerson Thome integrou o departamento de prospecção do Everton, ficando responsável por detectar talentos emergentes em Portugal. Atualmente, desempenha as mesmas funções mas em um rival do Chelsea: nos também londrinos do West Ham.

Chelsea Brasil

Somos o Chelsea Brasil, marca oficialmente reconhecida pelo Chelsea no Brasil e especializado em conteúdos e na comunidade de torcedores do Chelsea no Brasil.