Lampard afirma que o VAR favorece o Manchester United

O treinador se mostra preocupado com a arbitragem diante do confronto entre os times pela FA Cup

Frank Lampard ainda está descontente com as decisões da arbitragem nos últimos confrontos contra o Manchester United. Gols anulados, pênaltis concedidos e cartões vermelhos não mostrados são algumas das reclamações do treinador. “Seria ótimo se o VAR estivesse do nosso lado desta vez”, provocou o inglês em coletiva durante a preparação para a semifinal da FA Cup no próximo domingo (19) contra os Red Devils.

“Há sempre um elemento humano nas decisões, mas o estranho é que as últimas claramente foram erradas e não houve revisão”, atentou o inglês. “O VAR deveria ser imparcial, mas ultimamente, quando falamos de United, eles tiveram várias [decisões] a favor”, explicou.

Lampard também lamentou os erros de arbitragem no último confronto. Na oportunidade, Harry Maguire escapou de cartão vermelho e os gols de Kurt Zouma e Olivier Giroud foram anulados pelo árbitro de vídeo.

Bruno Fernandes cava penalti

Lance do pênalti contra o Aston Villa foi muito criticado (Foto: AP)

O treinador ainda alertou seus defensores em duelos dentro da área, especialmente contra Bruno Fernandes. O atleta ficou famoso por ser muito bom em “cavar” penalidades para o seu time. “Ele é muito inteligente nesse movimento”, avaliou Lampard. “Pudemos ver isso contra o Aston Villa quando ele conseguiu transformar um lance em pênalti, e talvez não fosse o caso”, finalizou.

Outro jogador perigoso nos confrontos é Marcus Rashford. Assim, o inglês abriu o placar por meio de penalidade máxima contra o Chelsea nesta temporada em duas oportunidades. A primeira foi no revés de 4-0 dos Blues e novamente na Carabao Cup, em outubro.

Viés da temporada

Na última partida do Manchester United, o VAR deixou de marcar um pênalti para o Crystal Palace em jogada que resultou no primeiro gol dos Red Devils. Além disso, o que seria o gol de empate para o Palace foi anulado por impedimento. Assim, esse foi o sétimo gol contra o time de Manchester anulado pelo árbitro de vídeo nesta temporada. Portanto, nenhum lado na elite inglesa foi “salvo” mais vezes pela tecnologia. Além disso, ao United foram concedidas 13 penalidades máximas na atual época, igualando recorde da Premier League.

Lucas Jensen

Jornalista que ainda acredita que o futebol pode ser apreciado sem torcer (mas não se segura e torce mesmo assim). Fã de tática e do jogo reativo, se deleita nos contra-ataques e toques 'de primeira'. Amante racional da Premier League e nostálgico do Calcio, seus hobbies incluem teorias mirabolantes e soluções inusitadas.