Início vitorioso em Toulon para Inglaterra e Brasil

McEachran fez boa partida pela Inglaterra Sub-21 (Foto: Chelsea FC)

McEachran fez boa partida pela Inglaterra Sub-21 (Foto: Chelsea FC)

A Seleção Sub-21 da Inglaterra, com Josh McEachran, começou a sua campanha no Torneio Internacional de Toulon com uma vitória confortável por 3-1 sobre o Catar.

Jordan Obita, Jake Forster-Caskey e Jordan Cousins marcaram os gols para o time de Gareth Southgate, que controlou o jogo, sem sofrer nenhum tipo de perigo. Os Three Lions saíram na frente na marca de meia hora com Obita, que quebrou a defesa com uma ótima finalização rasteira.

McEachran, que segundo Southgate merecia uma injeção de confiança, iniciou a partida e quase aumentou o placar logo após o primeiro tento, porém o seu chute foi cabeceado para fora em cima da linha. O meio-campista do Chelsea, então, viu outro chute ser bem defendido no canto esquerdo do goleiro.

Aos nove minutos do segundo tempo, a vantagem foi ampliada com uma boa jogada de Jake Forster-Caskey, jogador do Brighton. Na marca dos 60 minutos, McEachran, que pode ficar satisfeito com a sua exibição, foi substituído por Jordan Cousins, que selou a vitória no último chute da partida. Nathaniel Chalobah foi um substituto não utilizado.

O jogo anterior do Grupo B viu o Brasil vencer a Coreia do Sul por 2-0. Lucas Piazon, do Chelsea, saiu do banco nos oito minutos finais, com o jogo já ganho, no lugar de Alisson. Um gol em cada tempo, de Thalles e Luan, colocaram os campeões atuais no controle da disputa, mas é a Inglaterra que está liderando o grupo pelo saldo de gols, na primeira rodada do torneio.

O lado sul-americano jogará novamente no sábado, contra a Colômbia. Já a Inglaterra enfrentará o próprio Brasil na noite de segunda-feira.

A noite, entretanto, foi frustrante para Andreas Christensen, com a sua Dinamarca Sub-21 sendo derrotada em casa para a Suíça em amistoso. O defensor do Chelsea de 18 anos jogou durante os 90 minutos da partida, na primeira derrota do time no comando de Jess Thorup.

Lucas Ribeiro