Havertz fala sobre atuação na Premier League e dicas de Frank Lampard

"É um sonho se tornando realidade muito cedo", disse Havertz sobre atuar na Premier League

Antes de assinar com o Chelsea, Kai Havertz foi amplamente ligado aos clubes europeus no mercado de transferências. Entretanto, o atleta alemão disse em entrevista coletiva nesta quinta-feira (17) que a Premier League e o Chelsea são memórias presentes na mente dele desde os tempos de criança.  Depois das atuações pelo Bayer Leverkusen, Havertz descreveu a transferência para o Chelsea como “sonho se tornando realidade”.

É verdade que a transferência apresentou vários capítulos na janela de transferências. Por outro lado, uma vez que o interesse do Chelsea foi confirmado, o atleta de 21 anos efetivou o seu desejo em atuar pelo clube londrino.

“Eu sempre sonhei em jogar em uma liga como essa e, para mim, é um sonho se tornando realidade muito cedo. Afinal, eu tenho 21 anos. Eu assistia frequentemente a Premier League quando criança, ao lado do meu irmão e dos meus pais. Portanto, parece um pouco irreal para mim e para minha família. Agora eu estou sentado aqui [na entrevista coletiva] e atuando por um clube como o Chelsea”, iniciou Havertz.

Sobre Frank Lampard, técnico do Chelsea

“Eu assisti vários jogos dele quando eu era criança e eu amava assisti-lo como jogador. No seu tempo de atuação, ele foi um dos maiores jogadores da Inglaterra. […] Ele gosta do jeito que eu jogo como meio-campista, pisando na área e tentando marcar gols e prover assistências. Me ajuda muito ter um treinador que jogou muito tempo na Premier League e na seleção nacional”, salientou Havertz.

“Ele me dá dicas e eu acho que isso vai me ajudar muito para me tornar um jogador de futebol melhor. Estou muito empolgado pelo fato dele ser o técnico do time que eu atuo”, concluiu.

O primeiro jogo na Premier League

“A Premier League sempre teve os melhores jogadores do mundo. Portanto, eu estou muito feliz em estar aqui agora e atuar contra esses jogadores. Levou um tempo, mas estou muito feliz e estou me adaptando muito bem”, disse Havertz, que protagonizou seu primeiro compromisso no Chelsea na vitória contra o Brighton, por 3 a 1.

“Chelsea é um grande clube e estou ciente disso. Para mim, foi um grande passo vir para um novo país. Trata-se de outra cultura e outro idioma.  É muito diferente de antes e eu vou levar algumas semanas para me adaptar, mas estou ansioso para isso”, concluiu Kai Havertz.

João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.