Atsu participa da goleada de Gana sobre a Coreia do Sul antes da Copa

Atsu representa os Blues em meio das Estrelas Negras (Foto: Site Oficial)

Gana testou alguns reservas e Atsu jogou só no segundo tempo (Foto: Site Oficial)

Christian Atsu não marcou gol, mas fez parte da vitória de Gana por 4 a 0 sobre a Coréia do Sul, nesta segunda, em Miami. Foi o último amistoso das Estrelas Negras antes do início da Copa do Mundo.

O jogador de 22 anos que passou a última temporada emprestado no Vitesse Arnhem entrou aos 56 minutos quando a sua seleção já vencia por 3 a 0. O ponta substituiu Kevin-Prince Boateng.

Gana começou a partida  forte e tomou a liderança após 11 minutos de partida quando Jordan Ayew, que entrou por substituição logo no início do jogo, colocou o seu time na frente após um passe de seu irmão André Ayew. A chute desviou em Ki Sung-Yeung antes de entrar.

A Coréia do Sul, que também jogará a Copa deste ano, quase empatou o jogo aos 40 minutos, quando o chute de Son Heung-Min acabou indo para fora. Logo depois, Kwak Tae-Hwi chegou a marcar um gol, mas por ter colocado a mão na bola e ainda por cima colidido perigosamente contra o goleiro Fatau Dauda, o tento foi anulado.

A vantagem dos ganeses  foi então dobrada perto do fim do primeiro tempo. O ex-atacante do Sunderland, Asamoah Gyan, ganhou a bola no meio campo e encontrou os fundos da rede com facilidade.

Alguns poucos minutos depois da entrada de Atsu, Jordan Ayew marcou o seu segundo gol do dia com uma finalização bem colocada de fora da grande área. O atacante do Marseille, que também possui 22 anos, completou seu hat-trick no minuto final ao desviar o cruzamento do também substituto Albert Adomah.

Michael Essien foi um dos substitutos não utilizados nesta partida. A Coréia do Sul terminou com 59 porcento de posse de bola mas nenhum de seus 12 chutes forçou uma defesa de Dauda.

O técnico Kwesi Appiah, em entrevista para o site da associação de futebol de Gana, se demonstrou satisfeito com o potencial de contra-ataque de sua equipe mas disse que tem muito ainda o que melhorar.

“Foi um bom amistoso,” disse Appiah na conferência pós-jogo. “Foi legal ganharmos, mas ainda temos no que trabalhar”.

“A Coréia do Sul atacou muito bem. Ao jogar contra adversários com boa velocidade você tem que tomar cuidado lá atrás. Nós fizemos bom uso do contra-ataque nas chances que tivemos. O placar não importa para mim. Eu não estou pensando no placar, eu estou olhando qual será a melhor forma de preparar meu time. Se meu time tivesse perdido por quatro gols talvez isto me ajudasse a olhar os nossos erros e corrigi-los antes da Copa do Mundo.”

Semana que vem Gana irá correr atrás de igualar ou até superar a sua incrível participação em 2010 mas terá um ingrato caminho pela frente. Duas seleções entre Alemanha, Portugal e Estados Unidos precisam cair na fase de grupos para que os Estrelas Negras garantam uma vaga no mata-mata. Sua primeira partida será em Natal na próxima segunda, dia 16 de junho, pelo grupo G.

Thiago Braga