Stamford bridge deve receber dois mil torcedores em dezembro. CLubes de Londres e Liverpool foram beneficiados com decisão do Governo

Clubes de Londres poderão receber torcedores nos estádios

Os clubes da Premier League que estão sediados em Londres e Liverpool poderão receber torcedores a partir do dia 2 de dezembro. A liberação foi confirmada após anúncio oficial de governantes ingleses nesta quinta-feira (26). Primeiramente, as regiões de Londres e Liverpool foram avaliadas no Nível 2 (Risco Alto), de acordo com as autoridades. Por outro lado, a região da Grande Manchester foi avaliada no Nível 3, classificação de “Risco muito alto”, e não receberá público de acordo com o atual cenário.

Além dos clubes de Manchester, Aston Villa, Newcastle, Leeds, Leicester e Wolves ainda não estão aptos para receber público nos estádios. Por outro lado, apesar da reclassificação para o Nível 2, as cidades de Londres e Liverpool estão aptas para receberem dois mil torcedores. Assim sendo, a permissão do retorno gradual aos torcedores será feita com medidas estritas de segurança quanto ao Covid-19, ressaltou o Governo.

A capital Londres também foi avaliada no Tier 2. Isso significa que dois mil torcedores poderão acompanhar eventos esportivos na cidade. Por exemplo, jogos da Premier League e Autumn Nations Cup, competição de rúgbi, são algumas das competições beneficiadas com a flexibilização.

O que disse Frank Lampard

Por fim, vale relembrar que Frank Lampard, técnico do Chelsea, se manifestou oficialmente sobre a possibilidade de receber público em Stamford Bridge. O treinador foi indagado após a vitória do time de Londres, contra o Rennes, por 2 a 1, na UEFA Champions League.

“Eu estou muito feliz com a notícia, pois muitas coisas foram alteradas na vida recentemente e [coisas] que são mais importantes que o futebol. Sobre o futebol, penso em termos de nossos empregos. Sobre jogar nos estádios e desejar que os torcedores voltem para essa atmosfera do futebol. O que isso significa realmente aos fãs. Tudo isso fica cada vez mais evidente em cada jogo que atuamos. Portanto, se for seguro, estaremos muito felizes”, disse o treinador. Confira toda a entrevista de Lampard no link anexado.

Por fim, a última vez que o Chelsea atuou com público nas arquibancadas foi no amistoso contra o Brighton. Um evento teste que contou com 2.500 pessoas, no Amex Stadium. Relembre aqui o empate em 1 a 1 contra os Seagulls.

Clubes da Premier League com permissão de retorno gradual

Arsenal, Brighton, Chelsea, Crystal Palace, Everton, Fulham, Liverpool, Southampton, Tottenham e West Ham.

Clubes da Premier League sem permissão de retorno gradual

Aston Villa, Burnley, Leeds, Leicester, Manchester City, Manchester United, Newcastle, Sheffield United, West Bromwich e Wolverhampton Wanderers.

Por fim, vale relembrar nenhuma equipe das quatro primeiras divisões inglesas terá quatro mil torcedores em seus estádios. Esse nível de flexibilização acontece quando a cidade é avaliada no Tier 1. Entretanto, nenhuma região foi classificada com o Tier 1 ou Risco Médio.

Na Championship

Tier 2: Bournemouth, Brentford, Luton, Millwall, Norwich, QPR, Reading, Watford, Wycombe.

Tier 3: Barnsley, Birmingham, Blackburn, Bristol City, Coventry, Derby, Huddersfield, Middlesbrough, Nottingham Forest, Preston, Rotherham, Sheffield Wednesday, Stoke.

Aguardando classificação: Cardiff, Swansea.

League One

Tier 2: AFC Wimbledon, Charlton, Crewe, Ipswich, MK Dons, Northampton, Oxford, Peterborough, Plymouth, Portsmouth, Shrewsbury, Swindon.

Tier 3: Accrington, Blackpool, Bristol Rovers, Burton, Doncaster, Fleetwood, Gillingham, Hull, Lincoln, Rochdale, Sunderland, Wigan.

League Two

Tier 2: Barrow, Carlisle, Cambridge, Cheltenham, Colchester, Crawley, Exeter, Forest Green, Harrogate, Leyton Orient, Southend, Stevenage, Tranmere.

Tier 3: Bolton, Bradford, Grimsby, Mansfield, Morecambe, Oldham, Port Vale, Salford City, Scunthorpe, Walsall.

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.