Millie Bright e Pernille Harder foram eleitas para a FIFA FIFPRO Women’s 11

Bright e Harder integram FIFA FIFPRO Women’s 11

Millie Bright e Pernille Harder foram eleitas para a FIFA FIFPRO Women’s 11, a seleção das melhores atletas do mundo pela FIFA. As votações foram baseadas no desempenho das atletas durante a temporada 2019/20. Assim sendo, Millie Bright desempenhou uma parceria de sucesso com Magdalena Eriksson, a dupla de zaga da equipe de Londres. Por isso, o Chelsea conquistou a Women’s Super League e a Continental Cup na temporada passada com a liderança defensiva de Bright.

Bright venceu dois títulos com o Chelsea na temporada passada. Ou seja, um ano de destaque para a defensora. (Chelsea FC / Site) 11

“Ser nomeada para a FIFA FIFPRO me deixa sem palavras. Desde que eu me tornei atleta do Chelsea e virei profissional, sempre foi o meu desejo ser a melhor defensora do mundo. Ser uma defensora que toda atacante lembra. É reconfortante saber que todo o trabalho árduo e sacrifício que você faz para ser a melhora jogadora e atleta, todos os dias, estão valendo a pena. É algo que me deixa muito orgulhosa.

“Afinal, não importa o quão difícil tenha sido a jornada ou quantas pessoas duvidaram de mim, eu nunca desisti e nunca cederei. Estou honrada por ser nomeada entre essas jogadoras e gostaria de agradecer a todos que votaram. Isso me encoraja a ser ainda melhor”, concluiu Bright.

Pernille Harder

Harder já marcou gols com a camisa do Chelsea. Por isso, na foto acima, a atleta comemora um gol com Bethany England.
Harder já marcou gols com a camisa do Chelsea. Por isso, na foto acima, a atleta comemora um gol com Bethany England. (Chelsea FC / Site)

Por outro lado, Pernille Harder também frisou o reconhecimento de estar na lista da FIFA FIFPRO. A futebolista dinamarquesa chegou no Chelsea em outubro, logo a indicação foi referente ao desempenho no Wolfsburg (Alemanha). Atuando na equipe alemã, Harder foi eleita a melhora jogadora do continente pela UEFA e foi capitão do Wolfsburg na campanha a até a final da UWCL. Por fim, vale mencionar os 27 gols na primeira divisão alemã e os nove tentos da competição europeia.

“Esse prêmio, o FIFA FIFPRO, é um grande reconhecimento de todas as atletas do mundo. Claro que significa um algo a mais. Afinal, outros atletas voltaram em mim para eu estar nessa seleção. Minha maior conquista? Eu acho difícil dizer. Ao todo, foi uma temporada espetacular. 27 gols em uma temporada nacional, talvez seja algo difícil de repetir, mas vencer o double com o Wolfsburg também é uma conquista grande”, disse Harder.

“Minha transferência para o Chelsea também foi uma situação muito importante para mim. Por isso, é realmente difícil escolher apenas uma coisa. Foi um ano especial”, concluiu a futebolista do Chelsea.

Outras indicações

Por fim, Pernille Harder também foi indicada para o prêmio FIFA The Best, concedido aos melhores atletas do mundo. Entretanto, Lucy Bronze foi eleita a futebolista do ano pela entidade mundial. Harder ficou com o segundo posto e Wendie Renard ficou com o terceiro maior índice de votos.

Em conclusão, Sam Kerr, Ann-Katrin Berger, Erin Cuthbert, Magdalena Eriksson, Bethany England e Ji So-Yun estavam na lista das 55 melhores jogadoras, segundo a FIFA. Em contrapartida, Emma Hayes ficou entre as três finalistas de Melhor Técnica (o) de um plantel feminino.

FIFA FIFPRO

Assim sendo, confira a FIFA FIFPRO Women’s 11, a seleção das melhores atletas do mundo da FIFA.

Christiane Endler, Lucy Bronze, Wendie Renard, Millie Bright, Delphine Cascarino, Barbara Bonansea, Veronica Boquete, Megan Rapinoe, Pernille Harder, Vivianne Miedema, Tobin Heath

Category: Chelsea Football Club

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.